Bis de Jardel derrota o Infesta

5 de Setembro de 2019 

O Infesta entrou no campeonato com uma derrota por 2-1 frente ao Padroense, num jogo em que até esteve a vencer com um golo de João Rodrigues, numa fase em que a equipa da casa estava por cima do jogo. Depois do empate ainda na primeira parte, o Infesta entrou com maior domínio mas foi a equipa da casa que conseguiu colocar-se na frente do marcador e acabou por conquistar os três pontos.

  • Quarta-Feira | 4 de Setembro | 21h00
  • Divisão de Elite – Série 1 | AF Porto | Jornada 1
  • Estádio do Padroense FC, Matosinhos
  • PADROENSE FC 2-1 FC INFESTA
  • 0-1 João Rodrigues (33′) | 1-1 Jardel (37′) | 2-1 Jardel (59′)
  • INFESTA: Rui Pereira; André Lima, Tomas, André Ribeiro (c), Morais; Lúcio (75′), Mário, Morgado (58′); Dani (46′), João Rodrigues e Miguel Diaz.
  • TR: Miguel Fernandes
  • Suplentes: Pedro Marques, Malícia, Pinho (46′), Bessa, Batista (58′), Cardoso e Maia (75′).

Em jogo de fecho da primeira jornada do campeonato, Padroense e Infesta protagonizaram um bom jogo de futebol, embora nem sempre bem jogado. A equipa da casa entrou com maior domínio de jogo e aos 7 minutos, dispôs da primeira oportunidade para se adiantar, quando surge um cruzamento da direita para a área onde estava Cacheira que atirou de cabeça por cima. De seguida o Padroense teve mais duas oportunidades de golo mas o guarda-redes Rui Pereira esteve sempre seguro na baliza. O Infesta deu o seu primeiro sinal de perigo aos 24 minutos pelo capitão André Ribeiro que respondeu de cabeça ao livre apontado por Lúcio, mas a bola “morreu” nas mãos de Moreira. O Padroense mantinha o domínio do jogo e o Infesta respondia sempre no contra-ataque mas ambos sem grandes oportunidades de golo. Aos 33 minutos, bola bombeada para o ataque do Infesta por André Ribeiro, João Rodrigues ganhou a bola e aplicou um remate em jeito de chapéu e inaugurou o marcador a favor do Infesta. O Padroense respondeu pouco depois, aos 37 minutos, num contra-ataque rápido, a bola é enviada para a direita onde estava Jardel que entrou na área e desferiu um remate forte, sem hipótese de defesa para o guardião infestista. Até ao intervalo, o resultado não mais se alterou.

Na segunda parte, o Infesta entrou mais afoito e com vontade de dominar e foi criando alguns lances perigosos, junto da baliza de Moreira. Aos 57 minutos, Miguel Diaz tem uma boa jogada individual pela direita, entra na área e faz um cruzamento rasteiro e para a entrada da área onde apareceu Morais que atirou por cima da baliza do Padroense. Só que contra a corrente do jogo, a equipa da casa chegou ao segundo golo, aos 60 minutos, Jardel pela esquerda em jogada individual, passou por André Lima, entrou pela área adentro e já perto da pequena área, rematou, a bola ressaltou em André Ribeiro e “traiu” Rui Pereira, colocando assim o Padroense na frente do marcador. O Infesta tentou reagir mas foi o Padroense que aos 70 minutos esteve novamente perto de aumentar a vantagem por Xoura, o Infesta respondeu pouco depois por André Ribeiro que rematou por cima. Apesar da maior pressão para chegar ao golo do empate por parte do Infesta, o que é certo é que até ao final, o resultado não mais se alterou.

A derrota por 2-1 frente ao Padroense, prejudica a exibição do Infesta que merecia mais. Na próxima jornada, o Infesta recebe o Ermesinde às 17h00 do próximo domingo.