Golo perto do final, afunda cada vez mais o Infesta

Um golo ao cair do pano da equipa da casa, fez com que o Infesta soma-se mais uma derrota na luta pela manutenção da Divisão de Elite. A equipa de Bruno Costa, até entrou melhor na partida, principalmente na primeira parte, em que foi superior, mas na etapa complementar, a equipa do Oliveira do Douro, que luta por outros objectivos, encostou o Infesta às cordas e, numa fase de maior equilíbrio, conseguiu o golo já em período de descontos por Bruno Teixeira, através de uma falta inexistente, sentenciando uma partida em que o desfecho mais justo, seria o empate.

  • Domingo | 16 de Fevereiro | 15h00
  • Divisão de Elite – Série 1 | AF Porto | Jornada 23
  • Estádio do C.F. Oliveira do Douro, Vila Nova de Gaia
  • CF OLIVEIRA DO DOURO 1-0 FC INFESTA
  • 1-0 Bruno Teixeira (91′)
  • INFESTA: Pedro Marques; Malícia, Chaves, André Ribeiro (c), Morais; Bessa (62′), Luís Carlos, Lúcio e Mário (67′); João Rodrigues e Dani (67′).
  • TR: Bruno Costa
  • Suplentes: Rui Pereira, João Silva, Rafael Pinho, João Ricardo (67′), Morgado (62′), Maia (67′) e Miguel Rosa.

A equipa da casa, que luta por uma posição nos dois primeiros lugares da classificação, teve logo uma boa oportunidade de chegar à vantagem, através de uma desatenção da defesa do Infesta, mas a partir desse lance e até bem perto do intervalo, a equipa de Bruno Costa criou mais situações de golo, teve mais posse, com critério e boa circulação de bola, tornando o seu futebol, agradável de se ver. João Rodrigues era o jogador mais perigoso do Infesta e esteve bem perto de chegar ao golo por várias ocasiões.

Na segunda parte, a equipa do Oliveira do Douro entrou de rompante na busca do golo e encostou o Infesta às cordas nos primeiros 25 minutos de jogo, tendo o jovem guarda-redes Pedro, adiado por duas vezes, o golo dos visitados. Depois, o Infesta equilibrou a contenda e teve duas boas ocasiões de golo, primeiro por João Rodrigues e depois por Maia e Lúcio, que não tiveram o discernimento para finalizar uma excelente ocasião de golo. Já em período de compensação, num livre inexistente a favor da equipa da casa, Bruno Teixeira foi mais lesto que toda a gente e fez o único golo da partida.

Derrota injusta que com a conjugação dos restantes resultados, atirou a equipa para o último lugar da tabela classificativa, agora a cinco pontos de diferença dos lugares de manutenção. Na próxima jornada, que será apenas disputada a 1 de Março, o Infesta recebe o Gondomar B.

Foto: Pedro Duarte Marques