Futebol: Infesta já é primeiro

Pedro Nuno voltou a ser decisivo.

O Infesta foi o grande vencedor da jornada ao bater o Vila Meã por 1-0 e ainda saiu beneficiado do empate a zero, registado em Grijó, entre a equipa local e o Sousense. Com esta conjugação de resultados, o Infesta é lider isolado do campeonato com 13 pontos.

Em relação ao encontro, o jogo foi bastante emotivo nos primeiros 15 minutos, Paulinho foi o primeiro a criar perigo logo nos primeiros minutos, ao atirar do meio campo, tentando fazer um chapéu a Torcato que estava adiantado, mas a bola acabou por sair por cima. Logo a seguir, o Vila Meã responde por Hélder Calviño que cruza da esquerda para a área onde aparece Lemos que de cabeça, atira por cima da baliza de Duarte. Um minuto depois, passe de Vitinha I para Paulinho que recepciona a bola, finta Pinheiro e remata para defesa de Torcato para canto. No lance, Pinheiro sai lesionado e foi obrigado a ser substituído por Magalhães, jogador que representou o Infesta em 2001/02 e 2004/05. Sidon, outro ex-Infesta, não saiu do banco de suplentes. Aos 10 minutos, grande jogada de entendimento entre Paulinho e Vitinha II, com este ultimo a rematar com perigo, junto ao poste mas o guardião Torcato defende bem. Três minutos depois, Calviño marca um livre da esquerda para o segundo poste, onde aparece Daniel que atira de cabeça à figura de Duarte. Depois, o jogo entrou numa toada morna e só aos 28 minutos voltou a haver perigo quando Hélder Calviño, atira de fora da área com força para grande defesa de Duarte. Aos 36 minutos, Paulinho cruza da direita para a área onde aparece Pedro Nuno que de cabeça atira ao lado. Mas no minuto seguinte, jogada tirada a papel químico com Paulinho a cruzar novamente da direita e desta feita, Pedro Nuno atira de cabeça para o fundo da baliza. O Infesta seguia em vantagem para o intervalo.

A segunda parte entrou sem grandes oportunidades de parte a parte, pois o jogo estava a ser bastante disputado a meio-campo. O Vila Meã, a precisar de atacar para tentar chegar ao empate, só aos 77 minutos é que voltou a criar perigo quando Calviño cruza para Mesquita que atira de cabeça ao lado da baliza. No minuto seguinte, bola ganha por Almeida que cruza para Vitinha I e este de primeira, atira contra Magalhães, ficando a pedir grande-penalidade por a bola ter tocado na mão do defensor do Vila Meã, mas que o arbitro não acedeu. Poucos minutos depois, boa jogada do Infesta que culmina com um espectacular remate de Vitinha I que sai ligeiramente ao lado. Aos 88 minutos, contra-ataque do Infesta onde Almeida, desenvencilha-se do defensor do Vila Meã, ficando perante o guardião Torcato, mas atira ao lado da baliza dos visitantes. Por fim, em cima do minuto 90, Bruno Anciães responde a um cruzamento da esquerda, com um cabeceamento rente ao poste de Duarte.

Final do encontro com vitória justa do Infesta que conseguiu ser melhor que a equipa do Vila Meã quando estes procuravam atacar para tentar chegar ao empate. Para a história, fica o registo da primeira vitória do Infesta em casa, frente a este adversário em jogos a contar para os nacionais. No próximo domingo, há derbi em Matosinhos com a visita do Infesta ao Leça FC.