Patrocinadores

  • brali
  • mabera
  • douro digital
  • de les a les

14 de Maio de 2017

O Infesta ficou a apenas um golo de conseguir ser campeão da Divisão de Honra da AF Porto, no entanto, o objectivo da subida de divisão, foi alcançado com o empate em Perafita.

Foi a turma de Jorginho que mais fez para procurar o golo desde o inicio da partida, o Perafita apostava na rapidez de Gabi para criar alguns calafrios à defesa e a Miguel que foi dando conta do recado. Depois de João Rodrigues e Paiva já terem ameaçado Monteiro, Vitinha aos 20 minutos, quase surpreende o guarda-redes da casa ao pressionar o guardião, é mais lesto e com um toque subtil, quase introduz a bola na baliza, mas saiu ao lado. Depois, Rui Ferreira, pelo lado direito, ganha um ressalto, corre 30 metros, mas pressionado, remata para boa defesa para canto de Monteiro. Na sequência do pontapé de canto, Vitinha cruza para a área onde aparece André Ribeiro, que de cabeça, lá nas alturas, inaugurou o marcador para o Infesta aos 28 minutos, para gáudio das dezenas de adeptos que compareceram no estádio do Perafita. O Infesta estava em vantagem no marcador de forma justa.

A segunda parte trouxe um Perafita mais afoito e com vontade de “estragar” a festa do Infesta, no entanto, foi a equipa de Jorginho que deu o primeiro sinal de perigo por João Rodrigues que após boa jogada de Sousa, fintou o defesa e rematou de pé esquerdo por cima da baliza. O Perafita acercou-se da área do Infesta e sem criar grande perigo foi pressionando de forma a tentar chegar ao golo que daria o empate. Esse golo viria a acontecer à passagem da hora de jogo por Fradinho que, após um livre, a bola foi bombeada para o segundo poste onde estava o 21 do Perafita a empatar a partida de cabeça. O Infesta, já desgastado fisicamente, devido ao excesso de jogos que tem tido nas ultimas semanas, fruto da participação na Taça Distrital, ia tentando aos poucos voltar à vantagem e isso esteve perto de acontecer, aos 70 minutos, Vitinha em zona frontal, atirou de livre ao lado e aos 88 minutos, numa jogada brilhante de Sousa pela direita, este cruza ao segundo poste onde aparece Braga que remata de cabeça com selo de golo, mas que o guardião da casa Micha, que substituiu perto do intervalo Monteiro, defendeu com afinco a bola para a barra da sua baliza.

O empate acaba por se ajustar perante o que se passou nos 90 minutos, mas fica uma pequena sensação de desilusão pois um golo daria o titulo de campeão ao Infesta, depois de se saber que o Ermesinde tinha empatado também a uma bola no terreno do Nun’Alvares, terminando as duas equipas com 57 pontos. O Infesta termina com o melhor ataque (56 golos) e foi a equipa que menos vezes perdeu (3 derrotas).

Parabéns ao Ermesinde, que venceu o titulo da Divisão de Honra e subiu juntamente com o Infesta à Divisão de Elite na próxima temporada. Dragões Sandinenses e Avintes irão disputar um playoff com as duas equipas que terminarem na 9ª posição das séries A e B da fase de manutenção da Divisão de Elite.

Foto: Mitchfoot

Categories: Futebol Sénior, Ultimas

Comments are closed.