Patrocinadores

  • brali
  • mabera
  • douro digital
  • de les a les

23 de Janeiro de 2018 

JUNIORES SUB-18 | INFESTA 2-1 Leça do Balio

Nuno Monteiro: “Jogo decisivo, jogado a hora não habitual, com uma moldura humana de registo para um jogo de Juniores de 2ª Divisão. Perante um adversário de muita qualidade, a nossa equipa entrou bem, disputando o jogo intensamente, permitindo à equipa adversária algum controlo do jogo, tentando sair em transições ofensivas rápidas. Sem que houvesse grandes oportunidades de parte a parte, foi o Leça do Balio, que através do seu melhor jogador chegou ao golo, num lance algo confuso. Assim saímos em desvantagem para o intervalo. Na segunda parte, a nossa equipa transfigurou-se, tomou conta do jogo e foi para cima do adversário, com pressão alta, obrigando este a jogar como não gosta, com pontapé para a frente. Perante a nossa maior intensidade, a equipa chegou ao golo do empate de forma merecida através de uma boa combinação ofensiva. A equipa acreditou até ao fim que era possível vencer, desperdiçando várias oportunidades de golo claras e só a 5 minutos do fim, conseguiu a reviravolta do marcador, com um excelente cruzamento da esquerda para a área, com o defesa contrário a introduzir a bola na própria baliza. Excelente jogo de futebol, entre as duas melhores equipas da série, e com um público fantástico, que soube dignificar ainda mais o jogo!”

JUVENIS SUB-16 | INFESTA 0-3 Leixões

João Mendes: “De volta ao mítico estádio Moreira Marques, adivinhava-se um desafio envolto de um incremento de intensidade resultante das condições degradantes do terreno. E foi o que aconteceu. Foram raras as vezes em que as duas equipas conseguiram fazer mais do que 3 passes seguidos, apostando, de imediato, num futebol direto, que beneficiava o adversário e o seu ponta de lança, alto e forte. Apesar dos constrangimentos, nenhuma das equipas se ficou, procurando soluções que contrariassem o estado do jogo, e quando parecia que o Infesta tinha descoberto como criar um novo jogo dentro do próprio jogo, eis que dois erros individuais deitam por terra o esforço coletivo e permitem que o Leixões passe para a frente do marcador. Um golpe impetuoso que, mais uma vez (demasiadas esta época) se torna duro de digerir, apesar da contrastante atitude guerreira logo após sofrer o golo. Levantamo-nos mais uma vez, mas não conseguimos ser assertivos no último terço do Leixões, e estes, num contra-ataque exemplar, dilatam o marcador para 0-2. Faltam palavras para descrever este sentimento verdadeiramente fantasmagórico que nos assola em alguns jogos, e que, num breve momento, pulveriza todo o esforço orientado pelos jogadores. Resta-nos continuar  a lutar mais uma vez. Cada vez mais.”

INICIADOS SUB-15 | INFESTA 1-1 Gondomar

Jorge Antunes: “Jogo crucial para as nossas ambições neste campeonato. Já com a manutenção praticamente garantida e com a época a correr melhor do que aquilo que era esperado inicialmente, chegamos à fase inicial da 2ª volta a morder os calcanhares ao segundo lugar. Após uma análise cuidadosa do adversário, estávamos mais que preparados para receber este fortíssimo Gondomar. Fizemos um jogo de excelência e deve ser realçada a atitude que a equipa mostrou perante um adversário com muitos argumentos. A raça, a vontade e o querer levaram-nos para o intervalo deste jogo a vencer por 1-0 e com toda a justiça. O marcador foi inaugurado pelo Dário que aproveitou um excelente passe do Diogo Silva para finalizar. Na 2ª parte voltamos com a mesma atitude, mas mais desgastados. Vimo-nos obrigados a mexer por lesão e esse momento acabou por definir o desfecho final, quebrando os níveis de concentração da equipa e destabilizando o setor defensivo. Foi nesse mesmo momento que sofremos o golo do empate através duma hesitação, o avançado do Gondomar acabou por ficar isolado e não perdoou. Foi um jogo de parada e resposta, com os dois guarda-redes a mostrarem-se presentes e com muita categoria. Oportunidades para ambos os lados, mas o marcador permaneceu inalterado. Uma excelente partida de futebol, com emoção, bom ambiente e uma boa arbitragem, digno de um jogo de campeonato nacional. Continuamos invictos e mesmo não tendo conseguido ganhar, estamos de parabéns pela entrega e atitude que tivemos. Mantém-se tudo na mesma, a 4 pontos do sonho da disputa pela subida e agora segue-se uma deslocação difícil a Felgueiras para defrontar o Várzea.”

INFANTIS SUB-13 | Salgueiros 1-2 INFESTA

Hélder Silva: “Jogo em que demos continuidade à boa exibição do jogo anterior. Começamos com o mesmo onze do jogo com a Dragon Force, com uma disposição tática diferente, mas com a mesma atitude e garra com que terminamos o anterior. Dominamos o jogo desde o primeiro minuto com todos a saberem o que tinham que fazer interpretando de forma clara as instruções que traziam do balneário. O domínio foi materializado num livre directo marcado de forma exemplar pelo Rui Soares. Mantivemos a atitude o que nos permitiu chegar ao intervalo a vencer. No segundo tempo entramos novamente concentrados na defesa não dando espaço ao Salgueiros que só de bola parada chegava à nossa baliza. Fruto da nossa boa organização conseguimos sair mais do que uma vez em ataque rápido sendo que numa delas, Faria numa excelente jogada individual fez o 0-2. A equipa da casa fruto das alterações feitas nomeadamente com a entrada de um atleta com uma estampa física invulgar para idade, começou a ter algum pendor mais ofensivo tendo chegado de forma justa ao golo de honra. Vitória justíssima da melhor equipa no relvado.”

RESULTADOS DO FIM-DE-SEMANA

– Seniores: INFESTA 2-1 Maia Lidador
– Juniores sub-19: INFESTA 2-2 Gondomar
– Juniores sub-18: INFESTA 2-1 Leça do Balio
– Juvenis sub-17: INFESTA 2-0 Lamoso
– Juvenis sub-16: INFESTA 0-3 Leixões
– Iniciados sub-15: INFESTA 1-1 Gondomar
– Iniciados sub-14: INFESTA 3-2 Aldeia Nova
– Infantis sub-13: Salgueiros 1-2 INFESTA
– Infantis sub-12: Alfenense 6-2 INFESTA
– Benjamins sub-11: INFESTA 8-6 Avintes
– Benjamins sub-10: Custoias 2-1 INFESTA
– Veteranos: Rebordosa 1-2 INFESTA

Foto: Hélder Silva

Partilhar...

Categories: Futebol Jovem, Ultimas

Comments are closed.