Patrocinadores

  • brali
  • mabera
  • douro digital
  • de les a les

29 de Abril de 2018

  • Divisão de Elite | AF Porto | 30ª jornada
  • OLIVEIRA DO DOURO 2-2 INFESTA
  • Domingo, 29 de Abril, 16h00
  • Local: Estádio do CF Oliveira do Douro, Vila Nova de Gaia
  • INFESTA: Miguel (Pedro, 82′); Lico, Amaral, André Ribeiro e Jonas; Ricardo, Lúcio, Couto e Mário (Cardoso, 82′); Ruca (Estrela, 82′) e João Rodrigues (Rui Filipe, 72′).
  • Tr: Jorginho
  • Não utilizados: Lima, Varela e Braga.

Podia ter acabado a temporada com mais três pontos somados, a exibição do Infesta na tarde deste domingo, foi de encher o olho e foi por um lance infeliz do jovem guardião infestista que a turma de Jorginho não venceu a partida.

Em jogo de final de campeonato, Oliveira do Douro e Infesta protagonizaram um bom espectáculo de futebol. O Infesta surpreendeu a equipa da casa com excelentes lances de futebol e várias oportunidades de marcar, porém, foi a equipa visitada que entrou melhor na partida. Apesar disso, foi o Infesta que inaugurou o marcador aos 10 minutos por Amaral, na sequência de um pontapé de canto. Em desvantagem, o Oliveira do Douro reagiu e criou perigo por Ansumané que atirou a rasar a barra da baliza de Miguel. Pouco depois Claudio Lopes atirou ao poste e Luis obrigou Miguel a uma defesa para canto. Aos 38 minutos surgiu o empate por Penantes, de nada valendo os protestos dos atletas do Infesta que pediram fora-de-jogo.

Na segunda parte, a equipa do Infesta transfigurou-se e deu maior intensidade ao jogo, sendo superior ao seu adversário. Aos 55 minutos, Couto cruzou e João Rodrigues fez passar a bola junto ao poste. Seis minutos depois, Couto assistiu Ruca que apertado por um adversário, entrou na área e atirou para uma excelente intervenção de Fabrício. Pouco depois, Jonas em grande velocidade cruzou para o segundo poste onde apareceu Ruca que rematou sobre a barra e Mário cruzou novamente para Ruca mas o avançado do Infesta não conseguiu desfeitear o guardião da casa. O Infesta dominava a seu belo prazer o jogo e seria uma questão de tempo até voltar à vantagem, porém, aos 71 minutos, Amaral “deu” a bola a Ansumané que bem posicionado, falhou, atirando a bola ao lado. Ruca hoje esteve em dia não, aos 75 minutos, teve nos pés a oportunidade de aumentar a vantagem mas preferiu passar a bola ao recém-entrado Rui Filipe que desperdiçou, atirando ao lado. Dois minutos depois, finalmente o golo, Mário adiantou-se no terreno fugindo aos centrais, serviu Rui Filipe que não perdoou e colocou o Infesta novamente em vantagem. Aos 83 minutos, o treinador Jorginho colocou em campo o jovem Pedro Marques na baliza, estreando-se oficialmente como sénior esta temporada e o lateral esquerdo Estrela que regressou depois da lesão gravíssima que o afastou dos relvados desde Agosto de 2017, precisamente frente ao Oliveira do Douro em jogo da Taça da AF Porto. Com as alterações, a equipa da casa subiu no terreno e obrigou Pedro a mostrar os seus dotes a remate de Luis. No entanto, já em período de compensação, numa bola bombeada para a área, Pedro tentou agarrar a bola mas a mesma sobrou para Penantes que não desperdiçou e bisou na partida, colocando um ponto final no resultado.

Termina assim o campeonato da Divisão de Elite com o Infesta a posicionar-se numa honrosa 10ª posição, somando 35 pontos. Mesmo sendo o plantel com o orçamento mais pequeno nesta série, a equipa de Jorginho soube “bater” o pé a muitas das equipas desta divisão, antevendo boas perspectivas para a próxima temporada.

Uma palavra final para o Leça que venceu a série e o Valadares, ambas as equipas irão disputar o acesso ao Campeonato Nacional de Seniores, juntamente com Aliados de Lordelo e Paredes, sendo que os leceiros irão disputar também o titulo de campeão com o Aliados de Lordelo. A todos eles, boa sorte. Esta série também ficou marcada pelas descidas de Dragões Sandinenses e Candal, a ambos, desejamos que regressem rapidamente à Divisão de Elite.

Foto: Carla Ferreira

Partilhar...

Categories: Futebol Sénior, Ultimas

Comments are closed.