Infesta travado na busca da vitória

Numa partida disputada entre duas equipas que querem fugir aos lugares de despromoção, foram os poveiros que levaram a melhor ao bater o Infesta por 1-3. Depois de uma primeira parte morna, sem grandes oportunidades de parte a parte, o Infesta entrou determinado na etapa complementar mas pecou na finalização. A equipa forasteira marcou, Dani ainda deu o mote para a remontada numa altura em que o Infesta estava por cima, mas a expulsão “exagerada” de Mário, obrigou o Infesta a jogar os últimos minutos com menos uma unidade, originando a que a equipa do Varzim marca-se mais dois golos.

  • Domingo | 26 de Janeiro | 15h00
  • Divisão de Elite – Série 1 | AF Porto | Jornada 20
  • Parque de Jogos – Manuel Ramos – Arroteia
  • FC INFESTA 1-3 VARZIM SC “B”
  • 0-1 Pablo (66′) | 1-1 Dani (78′) | 1-2 Cardoso (90′) | 1-3 Igor (90+4′)
  • INFESTA: Rui Pereira; João Silva (75′), Chaves, André Ribeiro (c), Morais (90+2′); Bessa, João Ricardo, Mário, Morgado (30′); João Rodrigues e Dani.
  • TR: Bruno Costa
  • Suplentes: Pedro Marques, Rafael Pinho, Filipe (90+2′), Maia (75′) e Miguel Rosa (30′).
  • Disciplina: Cartão vermelho a Mário (85′).

Primeira parte morna entre duas equipas que lutam pela manutenção. O Infesta entrou para esta partida com menos 4 pontos que o Varzim e por isso, o encontro afigurava-se como “crucial” para as aspirações na manutenção. Apesar da maior posse de bola do Infesta, foi o Varzim B que criou as duas primeiras ocasiões de golo, mas o guardião da casa, Rui Pereira, susteve os remates de Rafa e Edu. João Rodrigues, teve uma boa oportunidade, mas a boa saiu por cima da baliza de Beker.

Na segunda metade, o Infesta entrou muito forte, Morais pela esquerda, cruzou para João Rodrigues que falhou na finalização por duas vezes. Silva e Dani colocaram Beker à prova e, na melhor fase do Infesta e contra a corrente do jogo, o Varzim subiu no terreno em contra-ataque e inaugurou o marcador por Pablo. Só que o Infesta reagiu de imediato e após tanta insistência, Dani, o mais irreverente dos atacantes dos locais, abriu o livro e fez um golo de belo efeito aos 78 minutos, após jogada individual pela direita, passou pelos defesas em velocidade e à saída de Beker, passou a bola por cima e empatou a partida. O Infesta estava entusiasmado com o empate, e percebia-se que a qualquer momento, a reviravolta iria acontecer só que, aos 85 minutos, o arbitro da partida resolve expulsar Mário admoestando com o segundo cartão amarelo, expulsão exagerada atendendo ao critério disciplinar aplicado às duas equipas. E a expulsão, resfriou o ímpeto ofensivo do Infesta que não conseguiu segurar o empate, tendo a equipa varzinista aproveitado a superioridade numérica para voltar para a frente do marcador com um golo de Cardoso aos 90 minutos. Com o Infesta balanceado no ataque à procura do empate, o Varzim em lance rápido de contra-ataque, sentenciou a partida aos 94 minutos com um golo e Igor, estabelecendo o resultado final em 1-3.

Na próxima jornada, o Infesta desloca-se ao Vila F.C.

Foto: Varzim S.C.