Patrocinadores

  • brali
  • mabera
  • douro digital
  • de les a les

mramosManuel Bento Gonçalves Ramos era natural de Mondim de Basto, nasceu em 16 de Janeiro de 1933 e viveu em S. Mamede de Infesta desde 1954, ano do seu casamento, do qual nasceram três filhos.

Teve uma vida profissional ligada às indústrias metalúrgica e têxtil, bem como ao ramo imobiliário, tendo sido um empresário de sucesso.

Tornou-se dirigente desportivo em Julho de 1974, logo como Presidente da Direcção do F. C. de Infesta, cargo que abandonou a 30 de Junho de 2013.

Foi nos seus sucessivos mandatos que o Clube cresceu e se desenvolveu, quer no domínio patrimonial, quer no desportivo, tendo-o feito em simultaneidade.

Desde a iluminação e o arrelvamento do estádio, passando pela construção do pavilhão gimnodesportivo, até à aquisição das viaturas, que na actualidade são cinco, Manuel Ramos venceu dificuldades que muitos pensavam ser intransponíveis.
ramos24A atestar o seu sentido colaborador para com o Clube, no ano de 1992, colocou ao dispor do “seu” “Infesta” o “Campo da Arroteia”, entretanto construído numa propriedade sua – a Quinta da Arroteia – fazendo-o graciosamente.

A esse espaço, recentemente remodelado com o alargamento do terreno de jogo e consequente arrelvamento sintético, a construção de novos balneários, sanitários e posto médico, e a edificação de uma bancada coberta para cerca de quinhentas pessoas, foi justamente atribuído o nome de “Parque de Jogos – Manuel Ramos – Arroteia”.

Estes gestos valeram-lhe prestigiados reconhecimentos, entre os quais se destaca a condecoração com a “Medalha de Bons Serviços Desportivos”, levada a cabo pelo Governo Português, na pessoa do Dr. Miranda Calha, Secretário de Estado do Desporto na altura – 3 de Novembro de 1997.

Mas também a Câmara Municipal de Matosinhos já o homenageara com a imposição da “Medalha de Valor Desportivo Dourada” – em 1994 – e a Junta de Freguesia de S. Mamede de Infesta veio a atribuir-lhe a “Medalha de Valor Desportivo” – em 2006.

No plano desportivo, motivado pela ambição própria dos líderes, Manuel Ramos conseguiu que a equipa sénior de futebol atingisse o ponto mais alto da sua história, com a subida à segunda divisão nacional – em 1989 – onde se sustentou durante vinte épocas consecutivas, enquanto que na modalidade de andebol, o “Infesta” regista singularmente a participação da equipa sénior, na temporada 2002/03, na Divisão de Elite, à altura o escalão máximo da especialidade.

Manuel Ramos é Sócio Honorário e Presidente Honorário do F. C. de Infesta e o seu maior sonho era ver construído o Complexo Desportivo Nascente, projectado há já mais de duas dezenas de anos pela Câmara Municipal de Matosinhos.

Manuel Ramos faleceu a 4 de Outubro de 2013, com 80 anos de idade, tendo dedicado cerca de metade da sua vida ao F.C. de Infesta.

Categories: Presidentes

Comments are closed.