FUTEBOL: Infesta de regresso às vitórias

O Infesta recebeu e venceu, a equipa do Pedroso por 3-1. Miguel Dias na primeira parte marcou os dois primeiros golos, o Pedroso a jogar com 10, apareceu no reatamento com outra imagem e reduziu, mas ao cair do pano, Rafa estabeleceu o resultado final.

Sábado | 10 de Outubro de 2021 | 15h00

Divisão d’Élite – Pró Nacional – Série 2 | AF Porto | Jornada 6

Parque de Jogos – Manuel Ramos – Arroteia

FC INFESTA 3-1 FC PEDROSO

1-0 Miguel Dias (3′) | 2-0 Miguel Dias (28′) | 2-1 Matias (55′) | 3-1 Rafa (90+4′)

FC INFESTA: Boucinha, Malícia, Zé Miguel, André Ribeiro (c), Dinis (90+1′), Teixeira, Aroso (60′), Paulinho, Rui Neves (46′), Nuno Nora (60′), Miguel Dias (90+1′).

TR: Sérgio Nora

Suplentes: Hugo, Diogo Costa (46′), Morais (90+1′), Mateus Monteiro, Rafa (90+1′), Tiago Martins (60′), Leitão (60′).

FC PEDROSO: Gabi, Caique (46′), Didi, Diogo Azevedo, Gui, Soeiro, Gabriel (38′), Hélder, Quim Zé (c) (84′), Renato e Miguel Pedro (70′).

TR: Sebastião.

Suplentes: Rodrigo, Cunha (70′), Matias (46′), Amaral, Guilherme, Esteves (38′), Pepinho (84′).

Depois de duas derrotas pesadas, o Infesta conseguiu vencer um adversário direto, o Pedroso, num jogo que teve “duas caras”. Na primeira parte, o Infesta dominou o encontro, esteve sempre por cima e com naturalidade, chegou ao primeiro golo logo aos 3 minutos por Miguel Dias que aproveitou uma falha de intercepção de Renato para inaugurar o marcador. Após o golo, o Infesta manteve a toada ofensiva, esteve sempre por cima e perto de chegar ao segundo golo por várias vezes. Numa das jogadas mais perigosas, aos 26 minutos, Rui Neves deixou para Paulinho que rematou para corte de Renato em cima da linha de golo, para canto. Na jogada seguinte, o Infesta chegou ao segundo golo, Rui Neves amortecer para Miguel Dias que bisou na partida. O Pedroso, já a jogar com 10 por expulsão de Hélder por protestos, só de bola parada é que criou perigo, aos 35 minutos, Soeiro atirou à barra na sequência de um livre. O Infesta na resposta, quase aumentava a vantagem por Paulinho que de cabeça, atirou a rasar a barra.

Na segunda parte, a equipa do Pedroso entrou mais acutilante e procurou insistentemente pelo golo que chegou aos 55 minutos por Matias que aproveitou uma falha de um defesa do Infesta para chegar ao 2-1. O Infesta estava “pálido”, não conseguia criar perigo e o Pedroso foi aproveitando para subir no terreno. Gui aos 63 minutos, rematou ao lado e aos 83 minutos, Miguel Dias, isolado e bem posicionado, não conseguiu desfeitear Gabi e rematou ao lado. Na última jogada do encontro, contra-ataque rápido do Infesta, Tiago Martins deixou para Rafa que à saida do guarda-redes adversário, aumentou e estabeleceu o resultado final em 3-1 para o Infesta.

Vitória justa, mas sofrida do Infesta, que podia ter resolvido o encontro mais cedo, sem precisar de sofrer. Na próxima jornada, o Infesta desloca-se ao terreno do Candal.