Futebol Clube de Infesta

Derrota inglória e injusta

Sábado | 22 de Abril de 2023 | 16h00

Divisão d’Élite – Série 1 | AF Porto | 29ª Jornada

Parque de Jogos – Manuel Ramos – Arroteia

Árbitro: João Pereira

FC INFESTA 2-3 PADROENSE FC

0-1 Rafa (24′); 0-2 Rafa (40′); 1-2 João Rodrigues (65′); 2-2 André Ribeiro (77′); 2-3 Rafa (83′).

Disciplina: Expulsões a Rui Neves e Baptista (suplente) aos 36 minutos para o Infesta.

FC INFESTA: Mata, Rafa (80′), Elvas (70′), João Ricardo (80′), André Ribeiro, Rui Neves, André Teixeira (60′), Aroso, Gabi, Diogo Sousa e Tiago Martins (60′).

TREINADOR: Mário Campo Grande

SUPLENTES: Francisco, Pedro Costa (80′), Miguel Fernandes (60′), Baptista, Carlitos (80′), Tigas (70′) e João Rodrigues (60′).

PADROENSE FC: David Baia, Rodrigo, André Gomes, Vilarinho, Gonçalo, Ricardo Marques, Rui Alves (70′), Bernardo, Miguel Guedes, Gorito e Rafa.

TREINADOR: João Costa

SUPLENTES: Luis Rocha (70′)

O critério excessivo do árbitro aos 36 minutos, em expulsar Rui Neves foi determinante para o desfecho deste encontro. Geraram-se protestos desta decisão, onde Baptista (no banco) também acabou expulso.

Numa partida em que o Padroense entrou mais ofensivo, valeu Mata por duas vezes vir fora da área eliminar o perigo. A equipa local ainda não tinha reagido, quando Rafa se elevou mais alto no seguimento de um canto e fez o primeiro golo.

Na reação, Ricardo deu um ar da sua graça quando bem posicionado rematou á figura. O Padroense sempre mais acutilante, esteve perto do segundo golo quando Guedes de livre rematou, Mata defendeu para o poste e a bola foi aliviada por André.

Aos 36 minutos, numa disputa de bola dividida entre Rui Neves e Rafa, ambos levantam o pé mas Rafa teatralizou a cena de tal forma, que acabou por ajudar a expulsar o médio do Infesta.

Antes do intervalo, o mesmo Rafa fugiu aos centrais e de frente para Mata fez o 0-2.

Mesmo a jogar com 10, o Infesta reentra no jogo com outra atitude e João Rodrigues, acabado de entrar, consegue reduzir com um golpe de cabeça, após um pontapé de canto.

Aos 77 minutos, na sequência de outro pontapé de canto, André Ribeiro saltou mais alto que todos e concluiu de cabeça o empate a dois golos.

Muitos aplausos e muita expectativa pairava na bancadas mas não foi suficiente. O Padroense consegue a 7 minutos do final, chegar à vitória com Rafa a completar o hat-trick.

A segunda parte do Infesta, merecia outro resultado.

A derrota, adiou tudo para a última jornada, pois Arcozelo e Pedrouços também perderam. No domingo, o Infesta tem de vencer no Dragões Sandinenses e esperar que o Arcozelo não vença em Pedras Rubras, para conseguir assegurar a manutenção. Qualquer que seja outro resultado do Infesta que não seja a vitória, a equipa desce à Divisão de Honra da AF Porto.

Foto: António Silva