Futebol: Bom resultado mas que soube a pouco

Infesta teve claras oportunidades de levar os três pontos para casa.

Na estreia de Jorginho como treinador para o campeonato, o Infesta deslocou-se a uma das equipas mais complicadas da série no seu terreno. No entanto, foi a equipa de Jorginho que esteve mais próxima de conquistar os três pontos, não fosse a desafinação dos seus avançados na etapa complementar.

INFESTA: Zé Pedro, Pina, Amaral, André, Pedro Oliveira, Maurício, Vitinha, João Rodrigues (Vasco, 71′), Rui Ferreira (Paiva, 30′), Mário (Jean, 60′) e Maia (Lúcio, 60′).
Tr: Jorginho
Não jogaram: Miguel, Dani Soares e João.

A primeira parte foi equilibrada, Ricardo e Simi tiveram boas oportunidades de marcar para o Canidelo mas foi João Rodrigues que, na resposta, teve a melhor chance de golo valendo ao Canidelo Dani, que cortou em cima da linha de baliza. Perto do intervalo, Paiva fez a bola passar junto ao poste do guardião Lima e Zé Pedro fez uma defesa espectacular num remate de Napoleão.

A segunda metade foi jogada de forma mais intensa com sinal mais para o Infesta chegando à vantagem por João Rodrigues que descaído pela direita, fez um golo espectacular em jeito de trivela. Sem reacção da equipa da casa ao golo, Paiva teve uma soberana oportunidade de aumentar a vantagem ao aparecer isolado mas a não conseguir desfeitear o guardião Lima, defendendo de forma incompleta onde a bola sobrou para Jean que na recarga permitiu que Lima defende-se novamente. O guardião da casa foi a figura do jogo não só pelas intervenções mas também ao lançar a bola num rápido contra-ataque para André Azevedo que cruzou ao segundo poste onde estava Compota à boca da baliza para empatar a partida. O Infesta sentiu que podia vencer e Jean com um remate ao poste e Paiva, mais uma vez isolado, não conseguiram materializar em golos as suas oportunidades.

O Infesta somou mais um ponto, totalizando cinco em dez jornadas. No próximo domingo, o Infesta recebe o último classificado, o Citânia de Sanfins.

Deixe um comentário