Futebol: Correia deu de cabeça os três pontos ao Infesta

Infesta conquistou os primeiros três pontos nesta temporada.


Apesar do tempo cinzento e chuvoso que se fez sentir, o futebol praticado dentro das quatro linhas foi bonito de se ver e o Infesta, superior em todos os capítulos do encontro, foi um merecido vencedor.

O encontro começou logo com dois lances perigosos para o Infesta quando Ely e Oliveira, remataram com muito perigo junto ao poste da baliza de Pedro Albergaria. O Infesta era quem dominava, com mais posse de bola e lances de ataque, enquanto o Ribeirão, ia respondendo em contra-ataques rápidos, tanto que o Ribeirão só chegou com real perigo à baliza do Infesta aos 26 minutos quando Flávio Igor rematou por cima da baliza de Isac. Ainda na primeira parte, e já com o jogo mais repartido e equilibrado para ambas as equipas, surge um cruzamento a meia altura de Daniel pela direita aos 45 minutos, onde Isac teve de se aplicar, perante a oposição do avançado Ansumane.

Na segunda metade o Infesta entrou a todo o gás e esteve perto de inaugurar o marcador por duas vezes logo nos primeiros minutos. Primeiro foi Bruninho que ganha posição a um defensor do Ribeirão e remata junto ao poste ao lado e na jogada seguinte, Pedro Nuno descobre Ely que sem oposição remata à entrada da área para grande defesa de Pedro Albergaria. O Infesta mostrava que queria vencer o jogo enquanto que o Ribeirão continuava apático perante tal domínio do Infesta. Aos poucos, o jogo foi-se equilibrando, com jogadas de ataque de parte a parte mas era o Infesta que mantinha o sinal mais no jogo. Aos 78 minutos, Tiago Silva, a passe de Varela, ganha posição a Jorginho e remata já dentro da área para defesa apertada de Isac, no lance, o Infesta sai a jogar e Ely consegue ganhar um pontapé de canto. Canto esse marcado por Vitinha I ao segundo poste onde aparece Correia que cabeceia para o fundo da baliza do Ribeirão, inaugurando o marcador. O Infesta já merecia estar em vantagem. Até ao final, o Ribeirão bem tentou chegar ao empate, mas apenas há a destacar um lance aos 87 minutos por Hugo Cruz que remata de fora da área, onde Isac defende a dois tempos.

Vitória justa do Infesta perante um adversário que vinha rotulado de favorito. O árbitro da partida, Carlos Dias da AF Porto, teve um bom trabalho, tendo apenas a assinalar um lance no final da primeira parte quando não marca uma falta por mão de um defesa do Ribeirão na zona da meia lua, apitando para o intervalo.

Na próxima jornada, domingo dia 30 de Setembro, o Infesta desloca-se a Fafe a em jogo marcado para as 15h00.

Deixe um comentário