Futebol: Infesta anuncia a contratação de oito jogadores

Infesta anuncia oficialmente a contratação dos jogadores Correia, João Reis, Digas, Gonçalo, Isac, Dany e Cuca, como reforços da equipa de José Manuel Ribeiro, para a temporada 2012/13 que tem inicio dentro de cerca de 20 dias.

A juntar a estes atletas, estão as renovações de Duarte, Vitinha I, Jorginho, Pedro Nuno, Vitinha II, Carlos Pinto, Rui Jorge, Pedro Pereira, Oliveira, Serge e Magalhães, juntando-se ainda o ex-junior Rui Pedro para compor o actual plantel de 19 atletas.

O mesmo ainda não está fechado, e nos próximos dias serão anunciados mais reforços. Em seguida, fica uma apresentação de todos os elementos que vieram reforçar o plantel do FC Infesta que irá competir na temporada 2012/13 na 2ª Divisão B:

Rui Pedro é o único jogador que é proveniente da equipa de juniores. Fez quase toda a sua formação no Salgueiros, mas no seu 2º ano de juvenil, saiu para o Senhora da Hora onde permaneceu duas temporadas, até ter chegado aos juniores do Infesta na última época. Inicialmente, José Catalão apostou em Rui Pedro para fazer o lugar de lateral direito na equipa de juniores, mas aos poucos, começou a jogar mais como médio interior, fazendo o lugar de defesa central, quando era solicitado. Tem 18 anos, faz 19 em Outubro e ficou muito feliz com o ingresso na equipa sénior.

Pedro Daniel Correia Araújo, mais conhecido no mundo do futebol por Dany, é proveniente da equipa do Grijó onde fez toda a sua formação. Subiu com naturalidade à equipa sénior mas saiu aos 23 anos para abraçar um ambicioso projecto no Perosinho onde permaneceu apenas uma temporada. Seguiu-se o Régua em 2006/07, numa época em que esteve perto de subir à 3ª Divisão Nacional. Dany foi considerado o melhor jogador da AF Vila Real, numa votação feita pelos treinadores daquela associação. Depois de dois anos fora, regressou ao Grijó onde fez quatro excelentes temporadas nos campeonatos distritais com destaque para a última onde, juntou à subida de divisão, o prémio de melhor marcador de Vila Nova de Gaia, recebendo o respectivo prémio na gala do jornal “O Gaiense”. Nesta última temporada, na 3ª Divisão Nacional, Dany voltou a ser o melhor marcador da equipa, a par do seu colega João. Com 30 anos, Dany é um médio defensivo, embora por vezes, actue na zona ofensiva do meio campo.

Isac está de regresso ao FC Infesta. O guarda-redes de 28 anos, fez quase toda a sua formação no Rio Tinto, transferindo-se para o Infesta com 17 anos para terminar a sua formação nos juniores que competiam nos campeonatos nacionais. Foi chamado por Augusto Mata à equipa principal no seu primeiro ano de sénior onde esteve durante duas temporadas, tendo jogado pouco. Isac transferiu-se para o “O Elvas” em 2005, seguindo-se Ermesinde, Perosinho, Ataense, Sousense, Nogueirense e finalmente o Grijó, onde esteve na última temporada. Em todos eles, teve a felicidade de ser sempre a primeira escolha dos seus treinadores.

José Francisco Sousa, conhecido por Cuca, vem reforçar a defesa do Infesta. Cuca de apenas 20 anos, é um polivalente na defesa, embora a sua posição natural seja a de defesa central. É um jogador trabalhador, com boa leitura de jogo, tem bom tempo de corte e antecipa-se bem as seus adversários. Com exibições regulares, gosta de sair a jogar e tem bom espírito de liderança. Fez quase toda a sua formação no Leixões mas não ficou na equipa sénior na temporada passada, indo actuar para o Lavrense onde esteve apenas três meses, pois transferiu-se para o Portosantense da 3ª Divisão Nacional. Cuca tem já na sua curta carreira, presenças nas selecções regionais do Porto e de Matosinhos, bem como na selecção nacional de sub-17 em 2009. Uma jovem promessa, que se espera que desponte no Infesta.

Gonçalo tem apenas 21 anos e é proveniente do Candal. O jovem avançado formado no Vilanovense, Boavista e Candal, tem já no seu curriculum um troféu de melhor marcador de um campeonato sénior, que foi precisamente este último, na Divisão de Honra com 19 golos apontados. Um bom cartão de apresentação considerando que estamos a falar de um jogador de apenas 21 anos. Gonçalo faz todas as posições do ataque, mas tem actuado mais a extremo esquerdo. É um jogador rápido, aguerrido e aparece com alguma facilidade nas zonas de finalização. Um valor seguro que o Infesta contratou.

Diogo Marques, de 19 anos, conhecido por Digas, fez toda a sua formação no Candal. Apesar de ainda ter idade de júnior, já fazia parte do plantel principal do Candal nos dois últimos anos. É um jogador rápido e bom tecnicamente. Tem a vantagem de ser polivalente na frente de ataque, preferindo as posições de extremo e médio ofensivo.

Correia é defesa central, tem 33 anos e é proveniente do Gondomar. Forte na marcação e lider na defesa, possui um bom jogo aéreo e bom posicionamento. Com formação no FC Porto onde foi sempre capitão, defrontou o Infesta em 1999/2000 quando actuava na equipa B portista ao lado de nomes como Ricardo Costa, Tonel, Cândido Costa ou Hélder Postiga. Pouco depois, jogou na 1ª Liga ao serviço do Alverca e teve como companheiros de equipa, Ricardo Carvalho, Mantorras, entre outros. Jogou também no Penafiel, Chaves e Espinho na Liga de Honra. Representou também na sua carreira o Portosantense, Pontassolense, Aliados de Lordelo e Gondomar na 2ª Divisão B, onde foi um dos capitães da equipa gongomarense na temporada passada. Foi internacional nas camadas jovens por Portugal, até aos sub-21, somando 79 internacionalizações. Esteve presente no mundial de sub-17 no Equador em 1995, onde teve como seus colegas de equipa, jogadores como Marco Caneira. Nesse mundial, defrontou a Argentina de Cambiasso e Aimar e chegou aos quartos-de-final. Quatro anos depois, participou no mundial de sub-20 na Nigéria ao lado de Caneira, Hugo Leal, Ricardo Sousa, Neca, Simão Sabrosa, entre outros. Chegou aos oitavos de final da competição. Em 2006/07, foi campeão nacional de Hong Kong, pelo South China, na sua única experiência no estrangeiro.

João Reis é um jovem médio de 21 anos, proveniente da equipa do Cinfães. Actua a médio defensivo, tem boa técnica e é forte fisicamente. Fez a sua formação entre o CADE do Entroncamento, de onde é natural e o Boavista onde esteve 5 anos ingressando na equipa sénior em 2009/10. Na época seguinte, rumou ao Candal onde foi bastante utilizado na 3ª Divisão Nacional. Na temporada passada, representou o Cinfães da 2ª Divisão B. Durante a sua formação, foi internacional por Portugal em sub-16, sub-17 e sub-18, chegando a participar em estágios da selecção de sub-19.

Deixe um comentário