Futebol: Infesta aplica chapa cinco ao Varzim

 

Infesta venceu pela primeira vez esta temporada, por mais que um golo de diferença.

O Infesta bateu esta tarde a equipa do Varzim por 5-1, sendo a primeira vitoria por mais que um golo neste campeonato. Depois de uma primeira parte pouco feliz, as alterações efectuadas por Formoso, deram ao Infesta a vivacidade no ataque que faltou nos primeiros 45 minutos. 

Substituições: 

– Pedro Martins -> Sousa – 45′
– Káká -> João Pinto – 45′
– Simões -> João Rodrigues – 53′
– Nuno Barbosa -> Nandinho – 75′
– Mario -> Maia – 75′

Não jogaram: Miguel Ângelo e Rivaldo.

Treinador: António Formoso

Disciplina: Cartão amarelo a André (50′).

O Infesta até entrou bem na partida com uma excelente oportunidade logo aos 3 minutos por Nuno Barbosa que recebeu um passe de Jonas e à saída do guarda-redes do Varzim Pedro Costa, o médio do Infesta tentou devolver a Jonas mas Pedro Costa conseguiu desviar a bola que acabou por sair pela linha de fundo. Káká aos 12 minutos recebe uma bola da direita e à entrada da área, atirou frouxo e ao lado. O Varzim na reposição de bola em jogo do guarda-redes, chega a vantagem. Vitinha disputa a bola no ar, que acaba por “assistir” Danilo que vendo Zé Pedro adiantado, faz um chapéu e o golo inaugural da partida. O Infesta apenas conseguiu criar mais um lance de perigo na primeira parte e mais uma vez por Káká que depois de uma excelente jogada de Jonas pela esquerda, recebe o passe mas o remate saiu enrolado e ao lado. 

Na segunda parte, Formoso teve de retirar Pedro Martins do campo e face à ausência de soluções defensivas no banco, colocou o extremo Sousa a defesa direito. Uma aposta acertada pois Sousa e João Pinto deram mais acutilância ao ataque infestistaE foi João Pinto que aos 52 minutos, arrancou pela direita, cruzou e na tentativa de cortar o lance, Tita introduz a bola na própria baliza. Com o golo obtido, o Infesta galvanizou-se e deu a volta ao marcador aos 61 minutos por Nuno Barbosa que a entrada da área rematou para um golaço digno de levantar um estádio. O Infesta não dava mostras de tirar o pé do acelerador e aos 70 minutos Jonas quase faz o terceiro, quando remata a cruzamento de Sousa, mas o guardião varzinista opôs-se bem ao lance. Os últimos cinco minutos da partida confirmaram a vitória do Infesta com mais três golos. Aos 85′ um defensor do Varzim corta a bola com a mão na área e Vitinha, de grande penalidade, não perdoou e fez o 3-1. Com a equipa forasteira balanceada para o ataque, o Infesta aproveitou os espaços dados e João Pinto, num rápido contra ataque, cruzou da direita ao primeiro poste onde está Maia que de cabeça faz o 4-1. O Varzim ainda teve a oportunidade de reduzir de grande penalidade por falta de Jonas sobre um adversário dentro da área, mas Zé Pedro defendeu com categoria a bola pontapeada por PalhadinhoJá em período de compensação, o Infesta chega ao quinto golo por João Pinto que respondeu superiormente a um passe da esquerda de Maia.

Arbitragem regular. Vitoria justa do Infesta que fez uma excelente segunda parte e está a apenas sete pontos da linha de manutenção. Convém relembrar que o Infesta venceu três, dos últimos quatro jogos do campeonato e aproxima-se do Barrosas, equipa imediatamente a seguir na classificação, tendo apenas mais três pontos. Na próxima jornada, o Infesta desloca-se ao terreno do Aliados de Lordelo.

Deixe um comentário