Futebol: Infesta empata na Póvoa a uma bola

Numa partida disputada num relvado natural e sob intensa chuva, o empate a uma bola, acaba por ser um ponto conquistado para o Infesta, frente a um Varzim que bem tentou chegar à vitória, para encurtar distâncias.

Domingo | 28 de Novembro de 2021 | 15h00

Divisão d’Élite – Pró Nacional – Série 2 | AF Porto | Jornada 13

Estádio Municipal da Póvoa de Varzim

VARZIM SC “B” 1-1 FC INFESTA

1-0 Ricardo Fernandes (9′) | 1-1 Matheus Azevedo (62′)

VARZIM SC “B”: Vilaça; Obama, Pires, Renato, Dinis, Vasco (87′), Ricardo Fernandes (87′), Diogo Fortunato, Gustavo Aguiar, Noah e Pedro Silva (73′).

TR: Pedro Rocha

Suplentes: Pedro Henrique, Tiago Costa (87′), Cevada, Diogo Araújo, Duarte (87′), Tiago Torres (73′) e João Filipe.

FC INFESTA: Miguel Silva, André Ribeiro, Zé Miguel, Morais (66′), Viana (90+3′), Paulinho, André Teixeira, Nuno Nora (66′), Diogo Costa (46′), Aroso (46′) e Miguel Dias.

TR: Sérgio Nora

Suplentes: Mateus Vieira, Rafa (90+3′), Elvas (46′), Dinis, Simãozinho (66′), Leitão (66′) e Matheus Azevedo (46′).

A equipa da casa entrou melhor na partida e com naturalidade, chegou ao golo aos 8 minutos, por intermédio de Ricardo Fernandes que aproveitou uma desatenção da defesa do Infesta para chegar à vantagem. O Infesta sentiu muitas dificuldades para assentar o jogo durante a primeira meia-hora de jogo mas aos poucos, ainda antes do intervalo, conseguiu equilibrar a partida, no entanto a desvantagem manteve-se até ao intervalo.

Na segunda parte, a toada do equilíbrio manteve-se e o Infesta conseguiu chegar ao empate aos 62 minutos por Matheus Azevedo que rematou cruzado para o fundo da baliza do Varzim. A partir deste momento, as duas equipas tentaram chegar à vantagem, assistindo a diversas ocasiões de golo de parte a parte, mas sem resultados práticos que permitissem alterar o resultado.

O empate aceita-se e mantém o Infesta com mais 4 pontos que o seu adversário. A próxima jornada, é disputada na quarta-feira, dia 1 de Dezembro, com o Infesta a receber o líder da série, o Gondomar “B”.

Foto: João Ribeiro