Futebol: Infesta empata no Foz a uma bola

O Infesta não perde há três jornadas consecutivas.

Foi um jogo de pouca qualidade entre equipas que se situam nos últimos lugares da tabela classificativa. No entanto, o Infesta foi melhor e podia ter conquistado os três pontos, não fosse mais uma vez, o desacerto na finalização.

INFESTA: Zé Pedro, Pina, Teixeira, Amaral, Rui Pedro, Lúcio, Maurício, Mário, Maia (Vasco, 73′), Rui Ferreira e Jean.
Tr: Jorginho
Não jogaram: Miguel, Pedro Oliveira, Soares, Duarte, Semedo e João.

A equipa da casa, a jogar no seu Campo da Ervilha, de reduzidas dimensões, bem tentou tirar partido disso mesmo, mas foi o Infesta que esteve mais perto de vencer que o Foz. À passagem do primeiro quarto de hora, Lúcio pontapeou a bola na direcção de Maia, este ganhou em velocidade ao central adversário e rematou para inaugurar o marcador. Tardou a resposta do Foz que 10 minutos depois, João Diogo fez a bola esbarrar no poste de Zé Pedro, tendo embatido ainda no outro, ressaltando para as mãos do guardião do Infesta. Ainda antes do intervalo, Lúcio aplicou um forte remate tendo Rúben respondido com uma boa intervenção.

No reatamento, Jean e Rui Ferreira tiveram nos pés a hipótese de aumentar a vantagem, mas o guardião da casa, defendeu em ambas as ocasiões. Aos 60 minutos, o Foz empatou por intermédio de Madureira que cobrou um livre, numa falta inexistente, num remate colocado. Na resposta e a jogar com mais uma unidade por expulsão de um adversário, o Infesta por Jean podia ter-se colocado novamente na frente, mas o avançado brasileiro preferiu um cruzamento sem nexo a um remate. Maurício, com um remate frouxo, também não conseguiu fazer o golo da vantagem. A acabar, Zé Pedro teve de se aplicar numa excelente intervenção.

Em nove pontos possíveis desde que Jorginho assumiu o comando da equipa, o Infesta conquistou cinco pontos, mas ainda se mantém em zona de despromoção. Na próxima jornada, que será disputada no sábado, dia 20, o Infesta recebe o Custóias.

Deixe um comentário