Futebol: Infesta novamente prejudicado pelas arbitragens

Empate volta a colocar o Infesta em zona de despromoção.

O Infesta saiu mais uma vez prejudicado pelas equipas de arbitragem, numa partida em que foi claramente superior ao adversário. Depois de estar em vantagem, a equipa do Infesta sofreu o empate e no mesmo lance, ficou privado de dois atletas que apesar de agredidos, acabaram expulsos.

Prova: Campeonato da Divisão de Honra – AF Porto | 17ª Jornada
Local:
Estádio do Tourão, Sandim, Vila Nova de Gaia
INFESTA:
Miguel, Sousa, Teixeira, André Ribeiro, Estrela, Vitinha, Mário, Lúcio, Rui Ferreira (João Gomes (gr)60′), Paiva e João Rodrigues (Rafael Rezende, 85′).
Treinador:
Jorginho
Suplentes não utilizados:
Carlos, Ricardo, Soares e Lima.

Numa primeira parte completamente dominada pelo Infesta, foi com naturalidade que a equipa de Jorginho saiu para o intervalo em vantagem no marcador, mas antes do golo, João Rodrigues isolado pela direita, atirou ao lado. Pouco depois, numa jogada colectiva, Sousa cruza para a área onde aparece Paiva que inaugura o marcador à passagem do minuto 44.

Na segunda parte, o Infesta entra novamente bem na partida criando alguns calafrios junto da baliza de Xavier, com o jogo perfeitamente controlado, com boa circulação de bola, mas apesar disso, a equipa do Dragões Sandinenses chega ao empate na sequência de um pontapé de canto, através desse lance, dois jogadores do Infesta são agredidos por um jogador da equipa adversária, originando um “sururu” entre atletas de ambas as equipas, o arbitro auxiliar deu indicações ao arbitro principal que expulsou Mário e Preto. De seguida expulsa o guarda-redes do Infesta, Miguel, por pressões dos atletas e adeptos da equipa da casa. Uma vergonha… Mais tarde, expulsa também Lúcio, ficando o Infesta a jogar com apenas oito jogadores. Mesmo assim, o Infesta esteve perto de chegar ao golo através de Rafael com um remate de fora-da-área. Os jogadores do Infesta em inferioridade numérica, souberam dar uma excelente resposta em campo ao segurar um empate num jogo bastante desequilibrado em favor da equipa da casa. De salientar que já não é a primeira vez que o Infesta é prejudicado gravemente pelas equipas de arbitragem, manipulando os resultados e pondo em causa a dignidade do clube e dos atletas, que acabam os jogos destroçados com o desfecho injusto das arbitragens.

O empate, aliado à vitoria do Vila FC, atira novamente com o Infesta para o 13º lugar, a primeira posição abaixo da linha de água. Na próxima jornada, o Infesta recebe o Lavrense.

Foto: Carla Ferreira

Deixe um comentário