Futebol: Infesta perde com golo no ultimo minuto

Infesta continua com azar, em dia de Procissão de Passos.

A tradição continua. Em dia de Procissão dos Passos em S. Mamede de Infesta, o Infesta tem sempre azar e hoje voltou a acontecer. Esta tarde, no Parque de Jogos Manuel Ramos, Infesta e Serzedelo protagonizaram um mau espectáculo com um futebol muito lento e escasso em oportunidades. A primeira parte foi muito disputada a meio campo e só aos 10 minutos, é que houve perigo quando num cruzamento de trivela de Vitinha II para a área, Oliveira chega atrasado à bola passando o perigo. O jogo continuava como o tempo, muito cinzento e só aos 34 minutos, é que houve nova oportunidade de golo, desta vez na baliza do Infesta. Depois de um remate de Bruno Sousa que Miguel defendeu para canto, Carlos Filipe na marcação do pontapé de canto, cruzou alto para a grande área onde apareceu Sócrates, mais alto que toda a gente a atirar de cabeça ao lado do poste de Miguel. O jogo começou a ter mais vivacidade e as oportunidades foram surgindo de parte a parte mas sempre sem grande perigo. Antes do intervalo, a primeira jogada com principio, meio e fim do Infesta. Vitinha I desmarca Braga e este, tentando ganhar espaço para o remate, atira à figura do guardião forasteiro. Ao intervalo o empate a zero era justo.

Na segunda parte, o Infesta entrou melhor, mais esclarecido em chegar à vantagem onde Oliveira, Penantes e Braga tiveram oportunidades de inaugurar o marcador. À passagem da hora de jogo, Braga pela direita na linha de fundo, cruza rasteiro para a área onde aparece Vitinha II que falha clamorosamente o golo inaugural à boca da baliza. O Infesta continuava a mandar no jogo e aos 64 minutos, novo cruzamento de Braga da direita para a área e Miguel, guarda-redes da equipa adversária a antecipar-se a Vitinha II. O recém entrado Paulinho, aos 66 minutos tenta à entrada da área um remate colocado, aproveitando o adiantamento de Miguel, mas a bola sai por cima. Dez minutos depois, Paulinho desmarca Braga este, só com o guarda-redes pela frente, atira ao lado da baliza do Serzedelo. O Infesta começou a desacelerar e aos 80 minutos, Rui Jorge tem uma ultima oportunidade quando cabeceia por cima quando estava sozinho ao segundo poste. O Serzedelo pegou no jogo e aos 84 minutos, Sócrates, o jogador mais perigoso da equipa adversária, atira com perigo ao lado da baliza de Miguel. Um minuto depois,novamente Sócrates atira, escandalosamente, ao lado da baliza do Infesta quando estava cara a cara com Miguel. Aos 90 minutos, numa jogada confusa na área do Infesta, Miguel Veiga foi o mais esclarecido e inaugurou o marcador. Nos quatro minutos de desconto que o arbitro deu, Tiago Dias e André Ribeiro ainda foram para o ataque mas o resultado não mais se alterou. O empate seria o resultado mais justo devido às poucas oportunidades que ambas as equipas criaram. O árbitro Nuno Roque de Coimbra esteve razoavelmente bem em todo o encontro.

Com a derrota, o Infesta mantém-se na terceira posição e atrasa-se para os dois da frente, Sousense e Cesarense que empataram a dois no terreno da equipa da Foz do Sousa. Com os resultados desta tarde, o Vila Real garante um lugar nos seis primeiros, ficando ainda por definir mais dois lugares que serão disputados na ultima jornada entre Grijó, Rebordosa, SC Mêda e Vila Meã. De fora desta luta, ficou o Leça que perdeu em Grijó. Quanto ao Infesta, joga no terreno do líder Cesarense no próximo domingo.

Na formação, os iniciados venceram de manhã a equipa do Sobrado por 2-0 assumindo a liderança da série com 6 pontos em dois jogos.

Deixe um comentário