Futebol: Infesta perde dois pontos em Lavra num final de jogo impróprio para cardíacos

 Esta temporada em seis jogos oficiais, o Infesta empatou os seis encontros.

Foi um final de loucos o que se assistiu ontem em Lavra com quatro golos nos últimos dez minutos da partida. O Infesta foi superior e merecia outro resultado.

Prova: Campeonato da Divisão de Honra – AF Porto | 3ª Jornada
Local: Complexo Desportivo de Lavra, Matosinhos
INFESTA:
Miguel, Jean (Soares, 75′), Teixeira, André Ribeiro, Estrela, Tiago, Mário, João Rodrigues (Káká, 65′), Lúcio, Rafael Rezende e Rui Ferreira.
Treinador: Jorginho
Suplentes não utilizados: João Gomes, Carlos, Guedes, Ricardo e André Fernandes.

A equipa da casa teve maior ascendente nos primeiros dez minutos, fruto da ajuda do vento que soprava a seu favor, mas as melhores situações de golo pertenceram ao Infesta, primeiro pelo brasileiro Rafael que isolado, tirou Zé Pedro do caminho, atirou para o golo mas um defesa da equipa visitada, corta para canto em cima da linha de golo e pouco depois, Rui Ferreira sofre falta dentro da grande área para grande penalidade, chamado à conversão, Mário permitiu a defesa do guarda-redes Zé Pedro. O Infesta merecia mais que o empate ao intervalo.

Na segunda metade, a partida foi pautada pelo equilíbrio, novamente com mais ascendente do Infesta que a jogar contra dez, pois José Campos foi expulso aos 65 minutos, naturalmente chegou ao golo aos 80 minutos, através de Mário, num grande golo, redimindo-se do penalti falhado na primeira parte. Cinco minutos depois, o Lavrense empatou pelo ex-Infesta Tiago Carvalho e já em período de compensação, Rafael coloca o Infesta na frente do marcador, colocando justiça no resultado, gerando alguma confusão no estádio onde recebe ordem de expulsão por ter tirado a camisola ao festejar o golo. Na última jogada do encontro, a equipa do Lavrense empata novamente por Káká, para gáudio dos adeptos da casa, num final impróprio para cardíacos.

Pelo que a equipa de Jorginho fez, o Infesta merecia a vitória pois foi a única equipa que criou verdadeiras situações de golo, sem permitir grandes situações de perigo do adversário, excepto nos últimos minutos do jogo onde consentiu os dois golos ao adversário. Um empate que sabe a pouco podendo mesmo dizer que o Infesta perdeu dois pontos em Lavra. Na próxima jornada, a equipa de Jorginho recebe o Gens.

Foto: Carla Ferreira

Deixe um comentário