Futebol: Infesta perde em casa com o Leça

O empate era o resultado mais justo.

O Infesta saiu derrotado do derby desta tarde, por 0-1, frente ao Leça. A equipa forasteira, na única vez que foi à baliza de Miguel Ângelo, marcou e segurou a vantagem até ao final.

Substituições: 
– Amaral -> João – 45′
– Sousa -> Flávio – 68′
– Galego -> Sérgio Leite – 68′
– Káka -> João Pinto – 68′
– João Rodrigues -> Lúcio – 83′

Não jogaram: Zé Pedro e Rui Pedro.

Treinador: António Formoso

Disciplina:
Amarelos a Káka aos 50′ e Sérgio Leite aos 81′.
Vermelho directo a Maia aos 59′.

A equipa do Leça entrou melhor na partida, aproveitando algum nervosismo dos atletas da equipa do Infesta. Logo aos 9 minutos, o Leça adiantou-se no marcador por João Miguel que após um canto batido da direita por Hélder Borges, a bola voou até ao segundo poste onde estava Michel Adzic que deixou em João Miguel e este, rematou cruzado e colocado perante a passividade da defesa do Infesta. A partir daí, o Leça passou a defender o resultado, tentando em lances de contra-ataque, chegar à baliza de Miguel Ângelo. O Infesta respondeu bem ao golo leceiro, aos 13 minutos, João Rodrigues faz um passe soberbo para Maia que isolado, entra na área do Leça mas o remate cruzado, saiu muito ao lado. Sem criar grandes oportunidades, o Infesta era a única equipa interessada em jogar futebol ao invés do Leça que ia defendendo como podia. Perto do intervalo, canto da esquerda de Vitinha e João Rodrigues ao segundo poste cabeceia com perigo, mas ao lado.

Nas segunda parte, aos 59 minutos, as duas equipas ficaram reduzidas a dez unidades com as expulsões de Maia por parte do Infesta e Cláudio, pelo Leça. O Infesta, procurava tentar chegar ao golo mas os avançados infestistas estavam desinspirados e só de bola parada criava perigo. Aos 83 minutos, num livre frontal, Vitinha marca, a bola é desviada por um defesa do Leça e quase traí o guarda-redes Marco que defende para canto. Nesse pontapé de canto, a bola sobra para o segundo poste onde está Lúcio que remata em jeito, mas ao lado. Aos 90′, Vitinha marca um livre à esquerda da área, a bola sobrevoa toda a gente e saí a rasar a barra. Perto do final, uma jogada confusa na área do Leça, a bola sobra para a entrada da área onde está Sérgio Leite que tenta o “chapéu” mas Hélder Borges corta o lance mesmo em cima da linha de golo impedindo o empate.

A partida termina com uma vitoria do Leça por 0-1, resultado injusto pois o Infesta mostrou que merecia o empate. O árbitro da partida, esteve em geral bem, havendo duvidas sobre o lance das expulsões. Na próxima jornada, o Infesta desloca-se ao Rio Tinto.

Deixe um comentário