Futebol: Infesta perdeu em Barrosas pela margém minima

O Infesta sofreu a 9ª derrota no campeonato pela margém minima.

INFESTA: Zé Pedro, Soares, Amaral, André, Pedro Oliveira, Tiago (João Rodrigues, 23′), Mário, Lúcio (João, 55′), Rui Ferreira (Douglas, 55′), Maia (Vasco, 85′) e Jean.
Tr: Jorginho

O Infesta entrou muito bem no jogo com grande circulação de bola, construindo boas oportunidades de golo onde Maia, primeiro de cabeça e depois no coração da área, não conseguiu finalizar. Aos 16 minutos, na única vez que o Barrosas foi à baliza do Infesta, numa altura em que jogava com dez, devido a Tiago estar a ser assistido fora de campo, surge um cruzamento da direita para a grande área onde aparece Brandão que de cabeça faz o golo. Mesmo com o golo sofrido, o Infesta continuou com o domínio do jogo até ao intervalo, mas sem grande objectividade.

Na segunda parte, o Infesta voltou a entrar bem e Rui Ferreira teve uma soberana oportunidade com o guarda-redes Ricardo fora do lance, depois de duas recargas a bola embate em adversários e por infelicidade acaba por não entrar, desperdiçando assim a oportunidade de empatar a partida. O jogo passou a estar partida com ascendente para o Barrosas que com uma equipa experiente, e não é à toa que se encontra em segundo no campeonato, conseguiu segurar o resultado e sair em contra ataque criando alguns lances de perigo perto da baliza do Infesta.

O Infesta merecia mais, por aquilo que fez em campo, daí a derrota ter sido injusta. No entanto, na classificação, nada se alterou pois o Infesta mantece o 15º lugar com os mesmos 22 pontos do Alpendorada que é a primeira equipa acima da linha de água (14º). Na próxima jornada, o Infesta recebe o Alfenense.

Foto: Carla Ferreira

Deixe um comentário