Futebol: Infesta sofre injusta derrota pela margem mínima

 Infesta soma a primeira derrota oficial da temporada.

Ao fim de oito jogos oficiais, o Infesta somou o primeiro desaire da época numa partida marcada por más decisões da equipa de arbitragem que não permitiram que a equipa de Jorginho, conseguisse pelo menos pontuar em Gondim.

Prova: Campeonato da Divisão de Honra – AF Porto | 5ª Jornada
Local: Parque Municipal de Gondim – Maia
INFESTA:
Miguel, Soares (Káká, 75′), Teixeira, André Ribeiro, Estrela (Sousa, 68′), Tiago, Lúcio, Mário, João (Rafael Rezende, 45′), Jean e Rui Ferreira.
Treinador: Jorginho
Suplentes não utilizados: João Gomes, Guedes, Semedo e André Fernandes.

Num jogo bastante disputado, o primeiro lance de perigo da partida foi para a equipa visitada aos 7 minutos por Fabinho que bem posicionado, atirou às mãos de Miguel. À passagem do minutos 25, o Gondim chegou ao golo por Leão, que aproveitou a única desatenção da defesa infestista para numa recarga após defesa incompleta de Miguel, inaugurar o marcador. A partir daqui, o Infesta passou a dominar os intentos e sentiu a desvantagem no marcador, pressionando junta da baliza adversária onde aos 33 minutos, Alex jogou a bola com a mão, cometendo grande penalidade que o árbitro da partida não assinalou apesar dos protestos da equipa do Infesta. Pouco antes do intervalo, Lúcio esteve perto de empatar a partida, depois de ultrapassar os centrais, o numero 8 do Infesta surge na cara do guarda-redes Tiago e rematou para fora.

Na segunda metade, o Infesta entrou ainda mais forte, conseguindo encostar a equipa da casa “às cordas” e numa jogada confusa, foi pedida nova grande penalidade que o árbitro voltou a não assinalar. A equipa maiata ia perdendo tempo das mais variadas formas para segurar os três pontos e perto do final, Rui Ferreira em jogada de contra-ataque, consegue introduzir a bola na baliza de Tiago, mas que o árbitro anulou, não se sabendo bem qual o motivo, o que originou protestos por parte dos atletas do Infesta que levou a que o capitão André acabasse por ser expulso por acumulação de amarelos.

Vitória injusta do Gondim-Maia pois por tudo o que o Infesta fez e depois das péssimas decisões da equipa de arbitragem, o Infesta merecia sair de Gondim com os três pontos na bagagem. Sendo assim, o Infesta soma a primeira derrota oficial da temporada ao fim de oito jogos oficiais, descendo para a 10ª posição da tabela classificativa. Na próxima jornada, a turma de Jorginho recebe o Balasar.

Foto: Carla Ferreira

Deixe um comentário