Futebol: Infesta vence Salvadorense e segue em frente na Taça A.F.Porto

O primeiro encontro do Infesta, esta temporada, para a Taça da A.F. Porto, foi em Amarante, mais propriamente em Salvador do Monte, onde milita a simpática equipa do Salvadorense, que disputa a Divisão de Honra. Sérgio Nora apostou num onze praticamente novo do meio campo para a frente, com muitos jovens atletas ainda juniores. Apesar da vitória, o Infesta falhou muito na finalização, permitindo a que a equipa da casa, sonha-se até ao fim, por um lugar na fase seguinte da competição.

Domingo | 2 de Janeiro de 2022 | 15h00

Taça A.F. Porto | 3ª Eliminatória

Campo de Jogos D. Amália Rosa | Salvador do Monte, Amarante

Árbitro: Sara Alves

SC SALVADORENSE 1-2 FC INFESTA

0-1 Elvas (27′); 1-1 Christian (45+1′); 1-2 Leitão (90+2′)

SC SALVADORENSE: Pedro Ribeiro, Pinto (7′), Zé Miranda, Vasco, Vítor Ribeiro, João, Chantre (80′), Migas (46′), Christian (85′), Joane e Paulinho.

TR: João Carvalho

Suplentes: Hugo (85′), Zé Miguel, Leonel (85′), Filipe (7′) (85′), Xico (80′), Gil (46′) e Fábio Peixoto.

FC INFESTA: Mateus Vieira, Rafa (60′), Elvas, André Ribeiro, Morais, Rui Neves (46′), Dinis, Simãozinho (75′), Nuno Nora, Leitão e Tiago Martins.

TR: Sérgio Nora

Suplentes: Boucinha, Zé Miguel (75′), Afonso, Mateus Monteiro, Malícia (60′), Jota (46′) e Diogo Costa

Disciplina: Cartão Vermelho a Zé Miranda (70′) e Pedro Ribeiro (85′).

A equipa do Infesta entrou muito bem e começou de imediato a dominar a posse de bola, desenvolvendo boas jogadas pelos flancos, só que, falhava na concretização. O primeiro golo surgiu aos 27 minutos, através de um lance de bola parada, Elvas cabeceou mais alto que todos e atirou para o fundo da baliza de Pedro. A toada ofensiva do Infesta manteve-se, com várias hipóteses de golo para aumentar a vantagem, algo que não aconteceu e que o Salvadorense aproveitou, já em período de compensação por Christian, fechando a primeira parte com um empate a uma bola.

Na etapa complementar, apesar de manter o maior domínio de bola, o Infesta voltou a sentir dificuldades em chegar com sucesso à baliza adversária. Aos 70 minutos, a equipa da casa ficou reduzida a dez elementos por expulsão de Zé Miranda que atingiu com a chuteira, a cara de Jota e o Infesta aproveitou para pressionar ainda mais o adversário. O insucesso na finalização continuava e aos 85 minutos, Dinis isola-se e na cara com o guarda-redes Pedro, este derruba-o fora da área e é expulso, ficando a equipa do Salvadorense a jogar com apenas 9. O Infesta aproveitou a vantagem numérica para continuar a pressionar, tendo aos 92 minutos, chegado ao golo da vitória pelo ainda júnior, Gonçalo Leitão, fixando o resultado final em 1-2 para o Infesta.

Vitória mais do que justa para o Infesta, pese embora a escassez de golos marcados. De realçar que neste partida estiveram cinco jogadores juniores em campo. Um sinal claro e inequívoco da vontade desta Direção em apostar muito e bem nos jogadores da formação, transmitindo uma mensagem de reconhecimento aos atletas, equipas técnicas e staff de todas as equipas da formação do FC Infesta.

No próximo domingo, regressa o campeonato, com o Infesta a deslocar-se ao terreno do Rio Tinto, em jogo da última jornada da primeira fase.

Foto: João Ribeiro.