Futebol: Infesta vence Vila Real e está a dois pontos da subida

Pedro Nuno e Jorginho, festejaram efusivamente o segundo golo.

O Infesta bateu esta tarde o Vila Real por 2-0 e fica a apenas dois pontos de conquistar a subida de divisão. Uma vitoria muito importante que coloca o Infesta não só perto da subida mas encurta distancias para o Cesarense que foi derrotado esta tarde em casa pelo Sousense.

O Infesta entou melhor no encontro com mais posse de bola mas falhando muito no ultimo passe enquanto que o Vila Real, procurava o golo em contra-ataque mas sem grande perigo. O primeiro lance de algum perigo surgiu apenas aos 20 minutos quando Braga cruza da esquerda e Pedro Nuno mais alto que os centrais transmontanos, atira de cabeça para excelente intervenção de Cabreca. Logo de seguida, livre perigoso de Vitinha I que embate na barreira, a bola sobra para Pedro Pereira que de pé esquerdo, atira por cima da baliza do Vila Real. O Infesta tomou o gosto aos remates e pouco depois, surge um cruzamento da direita de Oliveira, Pedro Nuno amortece para Braga que de primeira, atira com perigo à baliza de Cabreca. O Infesta continuava a ser a unica equipa a merecer chegar ao golo e aos 27 minutos, num lance perigoso dentro da área, os jogadores do Infesta ficam a reclamar uma grande penalidade por pretensa mão de um defensor do Vila Real. Mas pouco depois o Infesta chega ao merecido golo por Pedro Pereira que aos 34 minutos, engana toda a gente pois pela esquerda todos esperavam o cruzamento mas o lateral esquerdo remata à baliza e trai o guardião da equipa forasteira. Estava inaugurado o marcador.Após o golo, o Vila Real cresceu e ia criando um ou outro lance de perigo. Ainda antes do intervalo, os jogadores do Vila Real ficam também a reclamar uma grande penalidade por mão na bola de Carlos a remate de Meira mas o defesa do Infesta estava muito próximo do lance e não teve hipoteses de desviar o braço.

Na segunda parte, o Vila Real, com a entrada de André Azevedo ao intervalo, entrou com outra atitude e criou alguns lances que causaram alguma aflição na defesa do Infesta mas foi Vitinha II que criou mais um lance de perigo pela esquerda em que numa jogada individual, faz passar a bola por entre as pernas de Abreu, fica isolado perante Cabreca mas atira contra o guardião vilarealense. Cinco minutos depois, o capitão do Vila Real Schuster, atira com perigo à baliza de Duarte mas a bola passa ao lado. Pouco depois o Infesta chega ao segundo golo. Aos 61 minutos Vitinha faz um passe em profundidade para a direita, onde está Jorginho que na linha de fundo cruza milimetricamente para a área onde está Pedro Nuno que de cabeça não deu hipoteses de defesa a Cabreca. O Vila Real só ia criando perigo de bolas paradas. Aos 65 minutos, Schuster pela direita cruza para a área onde a bola passa por toda a gente e sai ao lado da baliza do Infesta e três minutos depois, Meira à entrada da área atira em jeito e colocado mas Duarte defende bem. Até ao final, o Infesta soube gerir bem o encontro e aos 87 minutos até teve a oportunidade de aumentar a vantagem quando Schuster atrasa mal a bola para Cabreca, Maga intercede a bola e atira para a baliza mas o guardião do Vila Real, soube opor-se bem ao remate. Mesmo no final do encontro, Meira tem uma entrada despropositada sobre Paulinho, o médio do Infesta não gostou e tirou satisfações com o jogador do Vila Real, o árbitro deu o amarelo a Meira e expulsou Paulinho com o vermelho directo. O resultado é justo perante a maior superioridade do Infesta em quase todo o encontro. O árbitro Carlos Macedo de Braga, ajuizou bem os lances em todo o encontro, pena foi a expulsão no final a Paulinho que pareceu algo exagerada.

O Infesta continua na segunda posição com mais oito pontos que o Sousense que está em terceiro. O Infesta para garantir a subida de divisão, precisa de somar mais dois pontos nas próximas três jornadas, sendo que com a derrota em casa do Cesarense esta tarde, o Infesta caso vença a equipa de Cesar no próximo domingo, não só garante a subida mas reduz a diferença de cinco para dois pontos para o seu adversário, ganhando esperanças de ainda chegar ao primeiro lugar.

Deixe um comentário