Futebol: José Manuel Ribeiro queixa-se das arbitragens

José Manuel Ribeiro quer mais respeito para com o Infesta.

Após o final do encontro de hoje frente ao Leça em que o Infesta venceu por 4-2 e garantiu matematicamente um lugar na fase de promoção, o treinador do Infesta, José Manuel Ribeiro deu os parabéns às duas equipas antes de tecer duras criticas às arbitragens: “Foi um jogo complicado do ponto de vista mental porque as duas equipas precisavam de ganhar, nós de uma vez por todas ficamos nos seis primeiros, para o Leça era um jogo muito importante porque estava abaixo dessa linha dos seis primeiros. Equipas um pouco nervosas no inicio, o que é normal e depois, com os golos a começarem a surgir, acho que foi um belíssimo espectáculo entre duas equipas com bons jogadores”. Depois da abordagem ao jogo, José Manuel Ribeiro virou as criticas para as arbitragens: “Agora que estou apurado para a fase seguinte e como nunca falei, vou ter de falar porque cada vez mais as arbitragens prejudicam o Infesta. Domingo passado foi o que foi, hoje, num jogo fácil o arbitro veio para aqui complicar. Não marcou uma falta a nosso favor, no lance da grande penalidade, dou-lhe o beneficio da duvida porque estou um pouco longe mas não hesitou. Contra nós, é sempre falta, a nosso favor nunca há faltas e isso vem-se verificando, jogo após jogo. O Infesta merece mais respeito, as pessoas de São Mamede parece que por cumprirem, pode-se calcar, o nosso presidente porque cumpre, calcam-no, o Infesta porque cumpre, calcam-no e não é só nos seniores, também é nas camadas jovens. Eu vejo isso nos juniores, juvenis, iniciados… em todos os escalões e o Infesta como é um clube cumpridor, calcam-no, calcam-no, calcam-no… Eu como infestista espero que haja mais respeito mas como somos um clube simpático, não nos queremos chatear com ninguém, está sempre tudo bem mas acho que já chega. O Infesta é um clube cumpridor e clubes como o Infesta há poucos. Eu não peço que nos beneficiem, mas que não nos prejudiquem porque se há clubes que não merecem ser prejudicados, um deles é o Infesta porque não deve nada a ninguém.” Após uma questão sobre o futuro da equipa após garantir hoje a permanência, José Manuel Ribeiro foi novamente critico: “A manutenção está garantida mas como podemos ver, como é que nós teremos hipóteses de subir de divisão com árbitros assim? Não temos hipóteses, somos um clube demasiado cumpridor, queremos continuar a cumprir e com árbitros assim, não temos hipóteses. Como toda a gente sabe, há clubes que apostaram para subir e se calhar, têm outra força que nós não temos. A semana passada, num jogo fácil de apitar, o árbitro resolveu complicar, hoje foi igual e tem sido todas as semanas assim. Se ainda houvesse um jogo em que o Infesta fosse beneficiado, mas é incrível porque quem vem ver, sabe que é verdade. E como já disse, não é só nos seniores. Eu como coordenador venho ver os jogos aos sábados à tarde, aos domingos de manhã e é sempre a mesma vergonha em todos os jogos. Acho que está na altura de os árbitros respeitarem o clube e eles até nem se podem queixar porque vêm cá e têm todas as condições que muitos clubes não lhes dão. Aqui ninguém lhes tira a agua quente quando o Infesta perde, ao contrario de muitos outros clubes e não insultamos ninguém.”

Deixe um comentário