Futebol: Juvenis A estão na fase final

Juniores bateram o Valadares por 2-1.

Neste fim-de-semana com vitórias dos juniores, juvenis A, iniciados B e benjamins, destaque para o apuramento dos juvenis A para a fase final de promoção. Os juniores alcançaram uma vitoria importante na luta pela manutenção e por fim, os veteranos que apesar da derrota no Paiço, asseguraram a uma jornada do fim, o primeiro lugar na série.

Nuno Monteiro (treinador dos juniores):O jogo mostrava-se muito importante pois era necessário começar a somar pontos para não deixar fugir alguma equipa da parte inferior da tabela. No inicio da partida, os jogadores perceberam essa importância e entraram bem no jogo, a mandar e a criar boas oportunidades de golo. Numa delas, lançado pelo lado direito, Luís Teixeira desmarca-se e na cara do guarda-redes faz o 1º golo. O mais difícil estava feito. No entanto, a equipa acusou o facto de estar em situação de vencedora, e por causa de um nervosismo não compreendido, deu muito espaço ao adversário nomeadamente no meio campo e no apoio aos laterais, por onde a equipa adversária criou as suas melhores oportunidades. A finalizar a primeira parte, uma perdida do Luís Teixeira isolado na grande área não permitiu à equipa ir mais tranquila para o balneário. Depois de corrigidos esses aspetos tácitos, a equipa voltou a entrar bem no jogo, mais confiante e com naturalidade chegou ao 2º golo, por intermédio do Luís Pereira com uma boa desmarcação para o meio, e o remate a sair fora do alcance do Guarda-redes do Valadares. Com o vento a favor, a equipa do Valadares começou a bombear as bolas para as costas da nossa defesa o que dificultou o nosso trabalho. Numa dessas bolas, e na sequência de um canto (Outra vez) os nossos jogadores não são lestos a tirar a bola da zona de perigo e um jogador do Valadares empurra para o fundo da nossa baliza. A equipa tremeu um pouco, mas nas transições ofensivas continuou a criar dificuldades ao Valadares. Em duas dessas transições, o Alex poderia ter feito 2 golos, numa delas não fosse a fantástica defesa do Guarda-redes adversário. Vitória sofrida, mas muito importante. No entanto, nada está conseguido, continuando a alimentar o objetivo da permanência.”

Mário Neves (treinador dos juvenis A):Ao cabo de 18 jornadas conseguimos o grande o objectivo desta fase inicial da época. Com uma vitoria e exibição esclarecedora e inteiramente justa tiramos bilhete para a fase final. Quando conseguimos colocar o talento individual de cada um ao serviço do colectivo como foi o caso, estamos sempre mais perto do sucesso. Foram 80 minutos de domínio absoluto , traduzidos em 3 golos num jogo onde nos apresentamos competentes, sérios e inexcediveis na atitude e entrega ao jogo. Quero parabenizar todos os atletas pois o mérito desta passagem é deles. Aos pais pelo apoio , tem sido sempre em todos os campos o 12ºjogador. È certo que ainda não conquistamos nada mas estamos de certeza mais perto disso. A equipa está mais inteligente, mais madura, fruto da experiência que adquiriu na fase final da época transacta. Até ao final desta fase temos ainda mais dois jogos e conseguido o apuramento vamos virar agora baterias para tentarmos ser campeões de série.

António Silva (treinador dos juvenis B):Os Juvenis B deslocaram-se a Leça da Palmeira, para defrontar o Leça FC. O jogo iniciou-se a um ritmo pausado e assistia-se a uma partida equilibrada e sem grandes oportunidades, até que o extremo-direito do Leça arrancou pela sua ala, após um lançamento. Ao tentar o cruzamento, o jogador leceiro foi muito feliz, fazendo a bola entrar na baliza infestista, quando o seu objetivo era somente o cruzamento. A nossa equipa não baixou os braços e partiu em busca da igualdade. Tivemos duas oportunidades antes do intervalo, mas a finalização não foi a melhor e chegámos ao intervalo a perder por 0-1. O reatamento da partida, já com uma nova disposição tática da nossa parte, trouxe um total domínio das operações da parte do nosso meio campo. Contudo, à passagem dos 10 minutos, a equipa da casa ganha um pontapé de canto e chega ao 0-2, num cabeceamento muito consentido pela nossa linha defensiva. Uma vez mais, os nossos jogadores mantiveram a pressão sobre o adversário, nunca perdendo a sua identidade e com boas movimentações ofensivas. Aos 30 minutos da 2ª parte, chegou o merecido golo, numa transição bem trabalhada pela nossa linha ofensiva. O domínio era cada vez maior, as oportunidades sucediam-se mas a eficácia dos nossos jogadores e a exibição do guarda-redes contrário não permitiram que chegássemos ao empate, o que esteve muito próximo de acontecer no último lance, numa oportunidade flagrante. Apesar da derrota, não posso deixar de dar os parabéns aos meus atletas pela excelente partida realizada, com princípios bem definidos e com identidade. Domingo, teremos mais um jogo de grande dificuldade, em nossa casa, e tudo faremos para que a vitória nos sorria no final dos 80 minutos!

João Ribeiro (treinador dos iniciados A):O jogo mostrava-se muito importante pois era necessário começar a somar pontos para não deixar fugir alguma equipa da parte inferior da tabela. No inicio da partida, os jogadores perceberam essa importância e entraram bem no jogo, a mandar e a criar boas oportunidades de golo. Numa delas, lançado pelo lado direito, Luís Teixeira desmarca-se e na cara do guarda-redes faz o 1º golo. O mais difícil estava feito. No entanto, a equipa acusou o facto de estar em situação de vencedora, e por causa de um nervosismo não compreendido, deu muito espaço ao adversário nomeadamente no meio campo e no apoio aos laterais, por onde a equipa adversária criou as suas melhores oportunidades. A finalizar a primeira parte, uma perdida do Luís Teixeira isolado na grande área não permitiu à equipa ir mais tranquila para o balneário. Depois de corrigidos esses aspetos tácitos, a equipa voltou a entrar bem no jogo, mais confiante e com naturalidade chegou ao 2º golo, por intermédio do Luís Pereira com uma boa desmarcação para o meio, e o remate a sair fora do alcance do Guarda-redes do Valadares. Com o vento a favor, a equipa do Valadares começou a bombear as bolas para as costas da nossa defesa o que dificultou o nosso trabalho. Numa dessas bolas, e na sequência de um canto (Outra vez) os nossos jogadores não são lestos a tirar a bola da zona de perigo e um jogador do Valadares empurra para o fundo da nossa baliza. A equipa tremeu um pouco, mas nas transições ofensivas continuou a criar dificuldades ao Valadares. Em duas dessas transições, o Alex poderia ter feito 2 golos, numa delas não fosse a fantástica defesa do Guarda-redes adversário. Vitória sofrida, mas muito importante. No entanto, nada está conseguido, continuando a alimentar o objetivo da permanência.

Jorge Pinto (treinador dos iniciados B):Jogo com grau de dificuldade muito elevado, defrontamos um adversário com muita qualidade e muito bem treinado, com princípios de jogo bem definidos. Na 1ª parte jogo equilibrado , com ascendente do adversário que chega ao 1-0, em desvantagem assumimos o jogo empatamos através de Nuno com assistência de Baldaia, quase de seguida num lançamento de linha lateral efetuado rapidamente Baldaia isola se pela direita e faz o 1-2 com que chegamos ao intervalo. Na 2ª parte novamente ascendente do adversário que chega ao empate, através de um pontapé de canto apontado por Diogo Costa , Nuno de cabeça faz o 2-3 , contra a corrente do jogo, chegamos a vantagem , estabilizamos o nosso jogo , equilibramos e controlamos até ao fim , dilatamos através de uma grande jogada de Nuno que ofereceu o quarto golo a Moutinho, até final falhamos varias situações de golo claras. Vitória justa da equipa mais eficaz , valorizada pela grande qualidade do adversário, jogo menos conseguido da nossa equipa , muitos passes falhados , muitas percas de bola , tivemos algumas dificuldades para circular a bola , mas fomos muito práticos a sair para o contra ataque , onde somos muito fortes, com jogadores muito objectivos , que só descansam quando vem a bola dentro da baliza.

Rúben Amaral (treinador dos benjamins):Os Benjamis este fim-de-semana deslocaram-se ao campo da Bataria para defrontar o 4º classificado o Leça da Palmeira, um jogo que se adivinhava difícil, contra um adversário bem estruturado que nos impôs uma derrota pesada em casa pôr 9-3 na primeira volta. Tudo apostos para o encontro e sofremos o 1-0 logo aos 3 minutos do encontro, os nossos guerreiros não se deixaram amedrontar, e no minuto seguinte veio a reposta e o empate, rapidamente mostramos que estávamos ali para vencer, e colocamo-nos na frente do marcador por 1-4, ainda mesmo antes do final da primeira parte o Leça reduz, sentia-se a confiança da equipa e um espírito de grupo e sacrificio que não ia deixar a vitória fugir, a segunda parte iniciou com duas equipas muito destemidas, mas fomos nós a marcar primeiro e aumentar a vantagem, o leça ainda reduziu com mais um golo, mas fixamos o resultado ao fazermos o 3-6. Um jogo de formação muito bem disputado com imensas oportunidades de golo de ambas as partes. Uma grande vitória da nossa equipa que a cada jogo que passa nota-se uma evolução a passes largos. Como nota não podia deixar de enaltecer o trabalho de todos os nossos atletas, mas também o nosso Guada-redes que não têm sido primeira opção mas devido a ausência do nosso guarda-redes habitual (doente) não deixou de todo a equipa sentir insegurança!

RESULTADOS DO FIM-DE-SEMANA

– Seniores: INFESTA 1-0 Lavrense
– Juniores: INFESTA 2-1 Valadares
– Juvenis A: Castelo da Maia 0-3 INFESTA
– Juvenis B: Leça 2-1 INFESTA
– Iniciados A: INFESTA 1-3 Bairro do Falcão
– Iniciados B: Alfenense 2-4 INFESTA
– Infantis: INFESTA 1-3 Boavista
– Benjamins: Leça 3-6 INFESTA
– Veteranos: U.Paiço 2-1 INFESTA

Deixe um comentário