Futebol: Juvenis aplicaram dez golos sem resposta ao S.Gemil

 Juvenis aplicaram mais uma goleada.

Mário Neves (treinador dos juvenis A): “Jogo de sentido único do primeiro ao ultimo minuto. Desde cedo se percebeu que só uma equipa procuraria a vitória pois a equipa da casa defendeu sempre com todos os atletas atrás da linha da bola. Ora se assim já seria complicado penetrar na área do Sangemil, num campo de reduzidas dimensões mais difícil se tornou. Apesar disso a nossa equipa conseguiu sempre contornar as dificuldades e chegar aos golos. Poderiam ter sido mais não fosse tão grande o desperdício dos nossos atletas. Entraremos agora numa fase extremamente importante e decisiva onde iremos defrontar as equipas que ocupam os lugares cimeiros. Vamos trabalhar como até agora adoptando sempre uma postura séria e competente para atingirmos os objectivos propostos, Pedimos o apoio a todos os Infestistas para que no próximo domingo nos ajudem a vencer a excelente equipa do Ermesinde. Contamos com todos, todos podem contar connosco!”

António Silva (treinador dos juvenis B):No passado Domingo, os Juvenis B receberam a visita do Desportivo Portugal, o terceiro classificado da Série 3. A primeira parte foi pautada por um enorme equilíbrio entre as duas equipas, com boas jogadas de envolvimento, de parte a parte, mas com poucas oportunidades de golo. A segunda parte iniciou na mesma toada, com uma boa qualidade de jogo, mas o Desp. Portugal logrou a obtenção de uma grande penalidade, por alegada falta de um defensor do Infesta. O golo não abalou as convicções da equipa, que não baixou os braços nem desistiu de praticar um excelente jogo coletivo. Contudo, dois erros defensivos e o excelente aproveitamento desses lances por parte da equipa visitante fizeram com que o resultado subisse para um resultado expressivo de 0-3, que era muito enganador para aquilo que estava a acontecer dentro das quatro linhas. Os nossos atletas, mesmo estando a sofrer uma derrota (já de si injusta) por um resultado exagerado, mantiveram a sua capacidade de luta e conseguiram o tento de honra no último minuto, através da conversão de uma grande penalidade. No futebol, costuma-se dizer que não há resultados injustos, dado que a vitória sorri a quem é mais eficaz. Apesar dessa máxima, devo dizer que esta derrota é penalizadora em demasia, dada a exibição coletiva dos nossos atletas. Há que continuar a trabalhar da mesma forma, honrar a camisola do FC Infesta e lutar pelo regresso às vitórias! “Raça, Crer, Ambição! Infesta, infesta, infesta!!!”

João Ribeiro (treinador dos iniciados A): “Nesta tarde ensolarada de sábado, os Iniciados A do FC Infesta receberam o Custóias. O Custóias apresentou-se como grande favorito pois estão em segundo lugar neste campeonato. Equipa que pratica um futebol de qualidade com boa posse de bola e jogadores criativos. Sabíamos disso e dispusemo-nos a lutar com toda as nossas forças para tentar alcançar um resultado o mais positivo possível. Foi isso que aconteceu, a equipa do Infesta conseguiu travar a posse de bola do adversário e debatemos o jogo de igual para igual. Na primeira parte houve duas ocasiões flagrantes de golo para cada lado mas a primeira parte acabou empatada a zero.
Na 2.ª parte, o Custóias voltou decidido a resolver o jogo e ainda melhorou mais no jogo apoiado mas mais uma vez conseguimos evitar que chegassem a nossa área com mais perigo. Mas aos 15 minutos da 2.ª parte e num remate indefensável, o Custóias inaugura o marcador com um excelente golo de fora da área. O FC Infesta não baixou a cabeça e com muita garra e vontade, acreditou e conseguiu empatar aos 25 minutos pelo Francisco Portela num remate de ressaca após livre lateral.
Até final do jogo, dispusemos de três oportunidades de golo flagrante mas não conseguimos fazer a reviravolta. O jogo acabou empatado a um golo mas foi um bom jogo por parte das duas equipas. Arbitragem muito correcta e sem casos.”

Jorginho (treinador dos iniciados B): “Depois de três semanas sem competir os meus meninos estavam carentes de competição e nada melhor que começar o ano a ganhar, contra uma equipa fisicamente forte e muita agressiva, tornando o jogo por vezes violento. Entramos bem no jogo criamos duas situações de golo nos primeiros minutos o adversário reagiu e numa perca de bola podíamos ter sofrido um golo, valeu a intervenção de Diogo Ramos, a partir deste momento controlamos o adversário em 15 minutos fizeram três golos, aos 20 minutos estávamos a ganhar 3-0, com uma excelente circulação de bola, sempre com muita objectividade, o adversário nunca mais nos criou perigo, poucas foram as vezes que o nosso guarda redes tocou na bola. Na segunda parte voltamos a entrar muito bem fizemos mais dois golos e falhamos algumas situações flagrantes de golo. Tornamos um jogo difícil, num jogo aparentemente fácil, os meus meninos jogam como se não houvesse amanha, com uma grande intensidade. Hoje tinha pedido aos meus meninos, quando fizessem golo fossem abraçar o colega que fez a assistência, eles sabem o porquê deste pedido e como sempre interpretaram o meu pedido à risca, funcionaram como uma verdadeira equipa, com amizade e espírito colectivo, porque na nossa equipa a estrela é a EQUIPA, Obrigado Campeões…”

RESULTADOS DO FIM-DE-SEMANA

– Seniores: INFESTA 0-1 Alpendorada
– Juniores: Rio Ave 4-0 INFESTA
– Juvenis A: Mocidade S.Gemil 0-10 INFESTA
– Juvenis B: INFESTA 1-3 Desp.Portugal
– Iniciados A: INFESTA 1-1 Custóias
– Iniciados B: INFESTA 5-0 Rio Tinto
– Infantis: Rio Ave 7-1 INFESTA
– Benjamins: Padroense 1-6 INFESTA
– Veteranos: Coimbrões 1-1 INFESTA

Foto: Victor Teixeira

Deixe um comentário