Futebol: Juvenis golearam Pedrouços com uma mão cheia de golos

Juvenis A golearam vizinho Pedrouços.

Nas partidas deste fim-de-semana, os juvenis A aplicaram uma mão cheia de golos ao vizinho Pedrouços, denotando melhorias significativas após algumas exibições menos conseguidas. A uma jornada do final da primeira fase, a equipa mantém a esperança de recuperar a liderança da série. Os iniciados B empataram em casa com o Salgueiros, uma das melhores equipas da série.

Nuno Monteiro (treinador dos juniores): “Jogo incaracterístico, em que a goleada sofrida não exprime o que as duas equipas fizeram durante o jogo. A nossa equipa entrou bem no jogo, empurrou o Foz para a sua defensiva, obrigando estes a jogar mal, com uma bola ao poste num ressalto aos 5 minutos. No entanto, numa bola parada e contra a corrente do jogo, a equipa da casa chegou ao golo. A equipa tentou responder ao golo sofrido, mas o segundo golo abanou muito a equipa, a equipa demorou a encontrar-se até ao intervalo. Até ao primeiro golo a equipa teve a personalidade e agressividade que queríamos.
Na segunda parte, a equipa tentou dar a volta ao resultado negativo, voltando a entrar bem no jogo. Tentámos acalmar a nossa equipa, tínhamos de arriscar um pouco mais e avançando no terreno criamos mais oportunidades. Até que apareceu o momento do jogo. Falhar uma grande penalidade, acabou por deitar abaixo a equipa, que nunca mais consegui entrar no jogo. Cometemos demasiados erros, e nestes jogos o pormenor faz toda a diferença. Os primeiros 20 minutos em cada parte não indiciava nada o que foi o resto do jogo. Custa-nos a forma como perdemos, mas temos de tirar ilações do que se passou até ao fim do jogo. Resta-nos trabalhar e voltar já as vitórias no próximo sábado!”

Mário Neves (treinador dos juvenis A):Este domingo, numa manha chuvosa e cinzenta recebemos e batemos o nosso vizinho Pedrouços por 5-0. Num jogo de serviços mínimos poderíamos ter feito mais e melhor de maneira a encurtar distancias na diferença de golos para o Lavrense. Mesmo apresentando uma circulação de bola muitas vezes lenta e pouca intensidade de jogo , a equipa marcou cinco golos e desperdiçou outros tantos por falta de concentração e facilitismo. No próximo domingo vamos jogar a casa do penúltimo classificado, jogo esse que encerra esta 1ª fase. Pede-se mais uma vitória, de preferência gorda com bastantes golos de maneira a possibilitar-nos o 1ºlugar da série.

António Silva (treinador dos juvenis B):A jornada 19 foi aziaga para os Juvenis B. A partida iniciou-se praticamente com o golo da equipa visitante, à passagem dos cinco minutos, num lançamento em profundidade. A equipa do Infesta revelava muita passividade na zona intermédia, extremamente bem aproveitada pela equipa do Lusitanos, que é extremamente agressiva e decidida. Aos 30 minutos, novo lance tirado a papel químico e o segundo golo dos visitantes. Os nossos jogadores não conseguiram obter o controlo do jogo até aos cinco minutos finais da primeira parte, altura em que tiveram três oportunidades de golo no mesmo lance, não tendo o engenho de concretizar esse lance em golo, o que levaria a equipa para o descanso com uma desvantagem mínima. O reatar da partida trouxe uma boa jogada de envolvimento da equipa infestista, com uma excelente oportunidade de golo. No contra-ataque, o Lusitanos não perdoou e chegou ao 3-0… Apesar de ter realizado uma segunda parte de melhor qualidade, os erros defensivos sucederam-se nos minutos finais e o 4-0 chegou num mau alívio na nossa zona defensiva. Continuámos a criar lances de boa envolvência e a pecar na finalização, apesar de termos obtido o golo de honra, prontamente seguido do 5-1, na sequência de um pontapé de canto. Sem dúvida alguma, esta foi a nossa pior exibição da época. Teremos muito trabalho pela frente ao longo da semana, de forma a sermos capazes de terminar a I Fase, no Domingo, com uma imagem mais próxima do nosso real valor.

Jorge Pinto (treinador dos iniciados B):Perante uma excelente moldura humana, defrontamos a melhor equipa da nossa série, com excelente circulação de bola, com muita objectividade, com jogadores desequilibradores e com uma qualidade acima da média para a idade. Entramos desconcentrados no jogo e no primeiro minuto, através de um pontapé de canto o Salgueiros faz o golo, ou seja, havia jogadores que ainda não tinham tocado na bola e já estávamos em desvantagem. Começamos da pior maneira, o adversário galvanizado com o golo ia controlando o jogo como queria, aos poucos começamos a chegar com perigo perto da baliza do adversário, através de pontapés de cantos e Nuno a meio da primeira parte faz o empate, com que que chegamos ao intervalo. Na segunda parte algum ascendente do adversário, com uma circulação de bola muito rápida e objectiva, que naturalmente chega ao 1- 2, o jogo estava partido, os meus jogadores nunca conseguiram ter bola o que dificultou as nossas saídas para o ataque, íamos defendendo como podíamos e saindo pontualmente para o ataque, alguns jogadores importantes hoje não se conseguiram impor no jogo o que nos criou alguma dificuldade na manutenção da posse de bola e circulação da mesma, mas através de um canto Moutinho nas alturas faz o empate, com um excelente cabeceamento, acordando de alguma maneira a nossa equipa, assistimos a uma parte final do jogo com perigo nas duas balizas. Hoje tivemos muitas dificuldade de impor o nosso jogo, muito por mérito do nosso adversário, mas fomos uma equipa eficaz com muita crença, que sempre acreditou e lutou até ao ultimo minuto, queria deixar uma palavra de gratidão para os pais e familiares dos nossos atletas que têm apoiado de forma incondicional a nossa equipa, com eles ficamos mais fortes, Obrigado…

Rúben Amaral (treinador dos benjamins):Partimos para esta que foi a última jornada do campeonato a defrontar os Lusitanos em nossa casa. Logo no primeiro lance em que chegamos à baliza adversária fazemos o 1-0, no entanto o golo baixou um pouco a emoção aos nossos atletas, que mesmo controlando o jogo, e com algumas oportunidades de golo não conseguimos ampliar e como quem não marca sofre, o Lusitanos fez o empate no último minuto da 1ª parte. Com algumas mexidas para a 2ª parte entramos bem, mas o Lusitanos apresentou-se muito coeso defensivamente e as nossas investidas não tiveram resultado, o Lusitanos ainda criou-nos algum perigo através de bolas paradas. Mas foi mesmo o Lusitanos a conseguir marcar primeiro a 5 minutos do fim do encontro. Ainda conseguimos o empate nos ultimo minuto num lance um pouco confuso na grande área adversária. A 2ª parte foi marcada por imensas paragens e demora nas reposições de bola. Jogo onde faltou-nos um pouco de dinâmica e velocidade nas nossas ações, que nos deu um empate com sabor a derrota frente a um adversário com poucos argumentos.”

RESULTADOS DO FIM-DE-SEMANA

– Seniores: Barrosas 1-0 INFESTA
– Juniores: FC Foz 5-1 INFESTA
– Juvenis A: INFESTA 5-0 Pedrouços
– Juvenis B: INFESTA 1-5 Lusitanos Stª Cruz
– Iniciados B: INFESTA 2-2 Salgueiros 08
– Infantis: Senhora da Hora 1-2 INFESTA
– Benjamins: INFESTA 2-2 Lusitanos Stª Cruz
– Veteranos: INFESTA 0-1 Oliveira do Douro

Foto: Vitor Teixeira

Deixe um comentário