Futebol: Juvenis somam e seguem

Juvenis continuam a somar vitórias atrás de vitórias.

Mário Neves (treinador dos juvenis A): Manha fria mas que antevia um jogo quentinho pela proximidade das equipas na tabela classificativa. Recebíamos o 3º classificado e uma das equipas que melhor futebol pratica nesta série. Entramos bem no jogo, criando uma série de oportunidades e com naturalidade chegamos ao golo pelo Filipe. Seguiu-se uma nova ronda de situações iminentes de golo que não foram devidamente aproveitadas. O magro 1-0 ao intervalo sabia a pouco face ao domínio que tivemos na primeira parte. A 2ªparte começou bem diferente da primeira com um Ermesinde mais atrevido que nos colocou em sentido durante alguns minutos acabando por chegar ao golo da igualdade fruto disso. A partir do golo sofrido a nossa equipa arregaçou as mangas e assumiu as despesas do jogo á procura da vitória que era o único resultado que nos interessava. E esse golo chegou aos 65 minutos no momento mais alto do jogo. O nosso atleta Alvarez com uma jogada individual soberba faz o 2-1 e um golo de antologia para mais tarde recordar. Já bem perto do final, numa excelente jogada colectiva, Neto matou o jogo fazendo o 3-1 final. Resumindo foi uma vitória importantíssima frente a um candidato directo e justíssima a meu ver pois fomos claramente superiores ao Ermesinde durante os 80 minutos. Segue-se agora uma semana em que não teremos jogo oficial em virtude da nossa folga em que aproveitaremos para recuperar certos atletas e prepararmos-nos da melhor maneira para a recepção ao Nogueirense no próximo dia 1 de Fevereiro e tentar com humildade dar seguimento a este ciclo vitorioso. Aproveito para agradecer o apoio de todos aqueles que se deslocaram a Arroteia para apoiar a nossa equipa. Esta é uma vitória de todos!!

António Silva (treinador dos juvenis B):No Domingo, os Juvenis B deslocaram-se a Lavra para a 14ª Jornada. Apesar de registarmos várias ausências, devido a lesões e indisponibilidades, os nossos atletas mantiveram a atitude competitiva registada na jornada anterior. Aos dez minutos de jogo, o Infesta chegou ao 0-1, graças a uma bela jogada coletiva, finalizada de forma superior. Era um prémio justo pelo total domínio das operações, da parte da nossa equipa. Contudo, poucos minutos depois, o Lavrense logrou a obtenção do golo do empate, fruto de um erro defensivo da nossa parte, no seguimento de um pontapé de canto. A toada do jogo manteve-se, com a nossa equipa a controlar as operações, apesar de permitir alguns contra-ataques da equipa da casa, que apostava em bolas constantes nas costas da nossa defesa. O Infesta continuou a insistir, a circular muito bem a bola, a pressionar alto e atingiu o segundo golo, num remate à entrada da área. Antes do intervalo, mais uma jogada bem construída pela nossa linha ofensiva resultou no 1-3, resultado justo para o que se passava dentro das quatro linhas. A segunda parte foi jogada na mesma toada, com um maior pendor ofensivo inicial do Lavrense, na tentativa de redução da desvantagem. Até ao final da partida, a nossa equipa teve várias oportunidades de dilatar o resultado mas um misto de azar e falta de eficácia impediram o avolumar do resultado. Esta vitória foi inteiramente merecida pelos nossos atletas, que trabalharam muito bem durante a semana e mantiveram uma atitude séria e empenhada perante o jogo. Há que manter esta postura nos restantes jogos da I Fase e continuar a consolidar processos, que começam a ser evidenciados, jogo a jogo. “Raça, Crer, Ambição! Infesta, Infesta, Infesta!”.”

João Ribeiro (treinador dos iniciados A): “Deslocação chuvosa ao recinto do Lusitanos de Santa Cruz. A partida começou com o Lusitanos a bombear pelos ares muitas bolas para a nossa defesa que foi conseguindo aguentar o ataque aéreo do Lusitanos de Santa Cruz. A nossa equipa não conseguiu pousar a bola no chão e por esse motivo, não fomos muitos perigosos no ataque tirando um lance onde falhamos isolados em frente a baliza deles. E é num desses balões aéreos que sofremos um infeliz auto golo do nosso jogador que ao tentar cortar o lance de primeira, executou um bonito chapéu ao nosso guarda redes. Fomos a perder para o intervalo mas fizemos uns pequenos ajustes na equipa e na segunda parte só deu Infesta. Atacamos muito melhor e evitamos que eles jogassem pelos ares. Numa bola enviada para as costas da defesa a desmarcar o nosso extremo, o defesa do Lusitanos de Santa Cruz põe as mãos a bola na área e o arbitro sancionou o lance com um pênalti. Boa execução do Pedro Teixeira que empata o jogo aos 15 minutos. Continuamos com o pé no acelerador atrás da reviravolta e passado 10 minutos, conseguimos o golo pelo Gil Gomes num pontapé de raiva que fuzila o guarda redes do Lusitanos de santa Cruz e sentencia o jogo que não sofreu mais alterações até final.
Boa arbitragem. Temos tido a sorte de ser presenteados, na maioria dos jogos realizados, com boas arbitragens e acabamos por confirmar que para assistirmos a bons jogos de futebol, são necessárias três boas equipas em campo.”

Jorge Pinto (treinador dos iniciados B):Num fim de tarde frio e chuvoso, deslocamo-nos ao terreno do Penafiel, uma das equipas mais fortes do nosso campeonato, que para o ano vai disputar o campeonato nacional de sub 15. Depois de uma semana de trabalho com muitas ausências devido a lesões e gripes, não conseguimos levar 18 jogadores para o jogo, jogadores importantes ficaram de fora , outros jogaram com algumas dificuldades. Jogo com duas partes distintas, na primeira parte não existimos em campo, muito apáticos a respeitar muito o adversário, algo que não é normal na nossa equipa, fomos para o intervalo a perder 1-0. Na segunda parte e depois de alguns ajustes, modificamos a nossa atitude, colocamos intensidade no jogo, fomos uma equipa determinada, arrojada a cair em cima do adversário e naturalmente em 10 minutos fizemos 2 golos , através de Nuno e demos a volta ao marcador . O Penafiel reagiu e a 15 minutos do fim da partida empata o jogo num excelente lance de futebol, até ao final o jogo ficou partido com lances de perigo nas duas balizas. Resultado que se ajusta , principalmente pelo que fizemos na segunda parte, demos 35 minutos ao adversário. Espero para a semana ter todos os jogadores recuperados e disponíveis, pois avizinha se mais um jogo com grau de exigência muito elevado.”

RESULTADOS DO FIM-DE-SEMANA

– Seniores: Nogueirense 3-1 INFESTA
– Juniores: INFESTA 1-3 Padroense
– Juvenis A: INFESTA 3-1 Ermesinde
– Juvenis B: Lavrense 1-3 INFESTA
– Iniciados A: Lusitanos 1-2 INFESTA
– Iniciados B: Penafiel 2-2 INFESTA
– Infantis: INFESTA 1-1 Varzim
– Benjamins: INFESTA 3-8 Salgueiros 08

Foto: Victor Teixeira

Deixe um comentário