Futebol: Maga deu o triunfo ao Infesta

 

Jogo foi algo duro na segunda parte.

O Infesta venceu esta tarde a equipa do Rebordosa por 0-1 e deu um passo muito importante na luta pela subida de divisão. Magalhães foi o autor do único golo do encontro. O encontro iniciou com claro ascendente do Infesta que criou o primeiro lance de perigo aos 13 minutos por Paulinho que ganhou espaço e rematou com a bola a passar pouco por cima da baliza de Adriano. O Infesta entrou a dominar o encontro e parecia ser a equipa mais esclarecida em campo mas o Rebordosa, a pouco e pouco foi equilibrando a contenda. Aos 26 minutos, golo anulado ao Infesta por Magalhães por pretensa falta do avançado do Infesta sobre os defesas da equipa da casa. O Rebordosa criou o primeiro lance de real perigo aos 33 minutos por Arnold que cabeceou ao lado da baliza de Duarte. Pouco depois, Jerónimo cruza da direita para a área mas tanto Arnold como Alex, chegaram atrasados à bola. O Infesta em contra-ataque criou perigo aos 40 minutos quando Magalhães pela esquerda faz um passe para o centro onde estava Paulinho mas este chega também tarde à bola. Na jogada seguinte, o Rebordosa quase chega ao golo, Arnold cruza da direita para Alex que já dentro da área, atira para boa defesa de Duarte. O Infesta chega ao golo mesmo no minuto 45. Pedro Nuno pela direita, desmarca com um passe em profundidade Magalhães que só com o guardião Adriano pela frente, remata rasteiro e colocado para o fundo da baliza. Ao intervalo, o Infesta vencia por 0-1.

A segunda parte iniciou com um Rebordosa à procura de chegar à igualdade. Logo aos 50 minutos, o recém entrado Litos remata com perigo ao lado, após cruzamento da direita. Pouco depois, Gustavo de livre junto à linha lateral, cruza para a área onde a bola passa por toda a gente e sai junto ao poste pela linha de fundo. O jogo estava mais aberto e o Infesta responde no minuto seguinte num pontapé de canto de Vitinha I que cruza para o primeiro poste onde está Magalhães que atira de cabeça por cima da baliza. No minuto seguinte, Tiago Dias alivia mal uma bola que quase trai o guarda-redes Duarte. Valeu o guardião do Infesta que estava atento, defendendo para canto. Aos 63 minutos, Arnold, o melhor jogador da equipa da casa, atira de cabeça ao lado, após cruzamento de Hugo Cunha. O jogo entrou numa fase mais dura com quezílias entre jogadores de ambos os lados. Aos 80 minutos, Paulinho pela direita, faz um passe em profundidade para a área do Rebordosa onde Braga ganha em velocidade a um defensor local mas atira de primeira por cima da baliza de Adriano. Na jogada seguinte, Hugo Cunha remata com perigo ao lado da baliza de Duarte. O Rebordosa arrisca tudo para chegar ao empate, mas a defesa do Infesta, ia cortando os lances de todas as formas e feitios. Aos 88 minutos, num rápido contra-ataque do Infesta, a bola chega a Braga a passe de Pedro Nuno, mas o avançado do Infesta não teve arte nem engenho para passar pelos defesas da equipa adversária. Em cima do minuto 90, um livre perigoso à entrada da área a favor do Rebordosa que Gustavo se encarrega de marcar mas a bola embate contra a barreira do Infesta ficando os jogadores da equipa da casa a pedir uma grande penalidade por mão de um defesa do Infesta.

O Infesta consegue três preciosos pontos em Rebordosa e está a apenas duas vitórias de conseguir a subida à 2ª Divisão B pois o seu mais directo perseguidor, o Vila Real, foi derrotado em casa pelo Cesarense pelo mesmo resultado distando assim 8 pontos, quando há apenas 15 em disputa e quando o Infesta ainda vai receber a equipa transmontana daqui a duas jornadas. No próximo domingo, o Infesta tem nova deslocação, desta feita ao Sousense. Quanto ao árbitro, o Sr. Paulo Ferraz de Leiria, esteve bem em todo o encontro.

Na formação, este domingo os juvenis venceram em casa o Ermesinde por 3-0 e continuam na liderança. Os iniciados venceram na Senhora da Hora por 1-2 para o campeonato mas perderam por 2-0 no Tirsense para a Taça José Bacelar.

Deixe um comentário