Futebol: Manutenção adiada uma semana

Lúcio teve nos pés a melhor oportunidade da partida.

Infesta e Valonguense, empataram a zero, depois de uma partida muito bem disputada e equilibrada, faltando apenas os golos para abrilhantar a tarde. Mesmo que o Infesta vencesse, a manutenção ainda não seria alcançada pois o Vila FC também venceu nesta jornada.

Prova: Campeonato da Divisão de Honra – AF Porto | 27ª Jornada
Local:
Parque de Jogos – Manuel Ramos – Arroteia
INFESTA:
Miguel, Sousa, Teixeira, André Ribeiro, Estrela, Soares, Vitinha, Lucio, João Rodrigues (André Fernandes, 77′),  Rafa (Jean, 65′) e Rui Ferreira.
Treinador:
Jorginho
Suplentes não utilizados:
Guilherme, Semedo, Carlos, Lima e Neto.

A partida iniciou com sinal mais para a equipa comandada por Jorginho que desde os primeiros minutos da partida, mostrou que estava em campo para resolver cedo a partida. Aos 13 minutos, o central André Ribeiro esteve perto de inaugurar o marcador, ao atirar de cabeça ao lado, pouco depois, Vitinha de livre, atirou à trave da baliza de Ferreira, depois de um ressalto na barreira. Perto dos 20 minutos, novamente Vitinha e Rafa, colocaram à prova o guarda-redes forasteiro que teve de se aplicar. O Valonguense foi equilibrando a contenda e aos 25 minutos, Nuno esteve perto de inaugurar o marcador ao atirar à barra da baliza de Miguel. O Infesta respondeu por Rui que não foi lesto o suficiente e permitiu que Ferreira se oposesse e lhe rouba-se a bola.

Na segunda metade, continuaram as “perdidas” para ambas as equipas, o Infesta, sempre por cima do jogo, aos 50 minutos teve em Estrela que rematou com perigo, ao lado, logo de seguida, Vitinha de bola parada, fez com que Ferreira fizesse a defesa da tarde. Aos 65 minutos, surge um cruzamento da direita do ataque do Infesta para a área onde está Rafa que tenta o remate acrobático mas falhou para desespero das hostes infestistas. O Valonguense só aos 82 minutos é que deu um ar da sua graça quando Pedro Ferreira, atirou à barra. Já em período de compensação, o Infesta dispôs da melhor oportunidade para marcar, Jean é rasteirado na área por Vital e é assinalada grande penalidade, chamado à conversão, Lúcio permitiu que o guardião forasteiro adivinha-se o lado e defende-se, mantendo invioladas as redes do Valonguense, terminando logo de seguida a partida com um empate a zero.

O empate adiou por mais uma jornada a manutenção matemática do Infesta que fica assim a uma vitória de garantir, podendo já ser na próxima jornada no terreno do Canidelo.

Foto: Carla Ferreira

Deixe um comentário