Futebol: Manutenção cada vez mais complicada

Derrota em Rebordosa, complica ainda mais as contas da permanência.

O Infesta deslocou-se este domingo até Rebordosa onde foi derrotado por 4-3 pela equipa local. A equipa de Formoso esteve bem na partida mas mais uma vez e à semelhança da maior parte dos encontros nesta temporada, pecou na eficácia ao contrário do adversário.

Substituições: 

– Nuno Barbosa -> Pedro Oliveira – 66′
– Mário -> Rui Ferreira – 66′
– Pedro Martins -> Rivaldo – 80′
– Jonas -> Nandinho – 80′

Não jogaram: Miguel Ângelo, João Pinto e Ricky.

Treinador: António Formoso

O ainda júnior Jonas, deu o primeiro sinal de perigo a favor do Infesta logo a abrir o encontro quando numa diagonal, apareceu na área mas rematou fraco. O Infesta entrou dominador na partida mas falhava quase sempre no último passe. Já a equipa da casa, nas duas primeiras vezes que foi à baliza do Infesta, aos 8 e aos 12 minutos, marcou dois golos. O Infesta reagiu bem e João Rodrigues podia ter reduzido numa clara oportunidade de golo. Aos 22 minutos o Infesta reduziu por Bertinho de grande penalidade que castigou uma falta sobre Jonas. O Infesta manteve-se por cima no jogo, sempre à procura do empate mas perto do intervalo, o Rebordosa aumentou a vantagem, porém, mesmo em cima dos 45 minutos, Amaral de cabeça voltou a reduzir para o Infesta.

Na segunda parte, o Rebordosa aumentou novamente a vantagem para o 4-2 no primeiro minuto, num livre em que a bola passa por todos e entra na baliza sem que ninguém lhe toque. O Infesta acusou o golo e passou a jogar mais desorganizado, sentindo também dificuldades no calor que se fazia sentir e nas dimensões do terreno de jogo. Após algumas substituições, o Infesta voltou a pegar na partida mas infelizmente, o 4-3 só surgiu em cima do minuto 90 por Rivaldo.

Com a derrota averbada frente ao Rebordosa, o Infesta fica com a tarefa da manutenção cada vez mais complicada uma vez que tem já uma diferença de nove pontos para a primeira equipa acima da linha de água, quando faltam apenas seis jornadas (18 pontos em disputa) para terminar o campeonato. Mas, enquanto houver possibilidades matemáticas, a equipa de Formoso terá de continuar a pensar em vencer as partidas que lhe restam, a começar já pela do próximo domingo na recepção ao São Martinho.

Deixe um comentário