Encontro entre duas equipas de meio da tabela, mas com objetivos distintos. A equipa da casa, candidata aos primeiros lugares, foi mais perigosa, teve mais posse de bola e situações de perigo, mas viu no Infesta, uma estreia auspiciosa do guarda-redes Miguel Silva que defendeu tudo o que havia para defender.

Domingo | 24 de Outubro de 2021 | 15h00

Divisão d’Élite – Pró Nacional – Série 2 | AF Porto | Jornada 8

Parque Desportivo de Ramalde, Porto

FC FOZ 0-0 FC INFESTA

FC FOZ: André Fonseca, Zé Gabriel (75′), Rui Costa, Pedro Barny, Pedro Caeiro, Souto, Romário, Rodrigo Vieira (60′), Rúben Gonçalo, Nuno Leal (60′) e Vítor Andrade.

TR: Pedro Fonseca

Suplentes: Marcelino, Bessa, João Alves (60′), Filipe Abreu, Zé Pedro (75′), Bruno Machado e Van Zeller (60′).

FC INFESTA: Miguel Silva, Malícia, Zé Miguel, André Ribeiro, Morais, Rui Neves (80′), André Teixeira, Aroso (75′), Nuno Nora, Dinis (46′) e Miguel Dias.

TR: Sérgio Nora

Suplentes: Boucinha, Rafa, Elvas, Afonso, Simãozinho (80′), Diogo Costa (75′) e Matheus (46′).

Entrada forte da equipa do Foz que logo aos 3 minutos, André Ribeiro teve de se aplicar e tirar a bola em cima da linha de golo. Pouco depois, Rúben Gonçalo e Rodrigo Vieira, com dois bons remates, foram dois dos jogadores mais “endiabrados” da equipa do Foz, só que o guardião forasteiro, Miguel Silva, defendeu as investidas. O Infesta aos poucos, ia sacudindo a pressão e na melhor ocasião, Aroso na cara do guarda-redes, falhou a emenda após uma excelente jogada ofensiva.

Na segunda parte, o Foz manteve a toada ofensiva, porém, o Infesta ia, em lances de contra-ataque, criando algum frisom, junto da baliza de André Fonseca por Miguel Dias e Matheus. Na jogada de maior perigo da tarde, Nuno Leal atirou aos 71 minutos, uma bola à barra da baliza de Miguel Silva e nos últimos minutos, a equipa da casa, em jeito de desespero, criou várias situações de perigo, mas mais uma vez, Miguel Silva esteve em bom plano.

A equipa do Foz foi superior em grande parte do encontro, porém, a defesa do Infesta, liderada pelo capitão André Ribeiro e uma exibição de grande nível do guarda-redes Miguel Silva, que se estreou nesta partida, permitiram ao Infesta sair de Ramalde, com um ponto precioso.

O Infesta soma assim o 8º ponto ao fim de oito jornadas. No próximo domingo, o Infesta recebe o SC Rio Tinto, naquele que é o último jogo da primeira volta desta fase.