Infesta bate Vila Real pela margem minima

O Infesta conquistou a primeira vitória do campeonato

José Manuel Ribeiro partiu para este jogo com três ausências muito importantes no onze inicial. Rui Jorge cumpria o ultimo jogo de castigo, enquanto que Paulinho e Miguel, expulsos no ultimo jogo em Grijó, também cumpriam castigo. Por isso, o treinador do Infesta teve de escalonar um onze diferente para suprir as ausências destes três atletas e deu-se bem, com a inclusão de Victor Pádua, Tiago Dias e Carvalho.

O jogo iniciou em ritmo alto e a equipa do Vila Real, foi a mais perigosa nos primeiros 25 minutos da partida. Apesar disso, o primeiro sinal de perigo foi do Infesta. Num lance ganho de Carvalho a Abreu, à entrada da área, a bola sobrou para Pedro Nuno que joga de cabeça e o mesmo Abreu, joga a bola com a mão à entrada da área. No livre, Vitinha I atira contra a barreira, a bola sobra para Pedro Pereira que de primeira, atira ao lado da baliza de Cabreca. A partir dai, o Vila Real criou várias oportunidades de golo. Aos 7 minutos, num livre perigoso à entrada da área, Schuster atira para grande defesa de Victor Pádua. Aos 18′, contra-ataque rápido do Vila Real, Schuster joga na esquerda para Bessa, este ganha espaço e atira para outra grande intervenção de Pádua, que esteve muito seguro em todo o encontro. Aos 26 minutos, livre muito perigoso descaído para a direita a favor do Vila Real, mas Peixoto atira contra a barreira. O Infesta só aos 28′ é que voltou a criar perigo. Vitinha II em jogada individual, passa por dois adversários e atira em jeito para defesa com os punhos de Cabreca. Dois minutos depois, livre da direita do ataque do Infesta, Pedro Pereira cruza para a área e Jonas, na pequena área atira de cabeça, mas Cabreca faz uma grande intervenção. O Infesta tomou conta do jogo e aos 36 minutos, chegou à vantagem. Canto batido da esquerda por Vitinha I, a bola é aliviada ao primeiro poste, sobra para Schuster que à entrada da área atira contra Vitinha II, este passa para a direita onde aparece Tiago Dias que com todo o tempo do mundo, atira em jeito para a baliza, inaugurando o marcador. O Infesta ainda teve a oportunidade de aumentar o marcador na primeira parte quando aos 43 minutos, Vitinha I de livre, cruza para a área onde Jonas de cabeça atira à barra.

A segunda metade do encontro foi bastante disputada e com o Vila Real à procura do empate. Aos 61 minutos, Vitinha II em jogada individual pela direita, passa pelo adversário, cruza rasteiro para Pedro Nuno que de primeira, atira rasteiro e colocado ao segundo poste mas Cabreca consegue defender. Vitinha II teve duas oportunidades para marcar. Primeiro atira em jeito ao lado da baliza e pouco depois, tentou fazer o chapéu a Cabreca, mas a bola saiu por cima. Aos 85 minutos, o Vila Real dispôs da melhor oportunidade para empatar quando num cruzamento da direita, Mico de cabeça atira fraco à figura de Pádua. Na jogada seguinte, no contra-ataque do Infesta, Pedro Nuno isola-se e atira rasteiro para o 2º poste, mas Cabreca volta a defender. Já em período de descontos, livre para o Infesta, Vitinha I joga curto para Oliveira, este cruza para a área onde Jonas de cabeça, atira por cima. Nos últimos 10 minutos, o Vila Real teve duas expulsões de dois atletas por acumulação de cartões amarelos, Fred aos 82 e Castanha aos 93 minutos.

O Infesta vence o Vila Real por 1-0 e passa a somar 4 pontos subindo ao 5º lugar da tabela, tendo a companhia de Vila Meã, Lamego e Cesarense. No próximo domingo, o Infesta desloca-se ao Complexo Desportivo de Azevido em Rebordosa, num jogo marcado para as 15h00.

Deixe um comentário