Infesta bateu Perafita e mantém série de bons resultados

23 de Janeiro de 2017

Não há muito a dizer num jogo em que praticamente só teve um sentido, o da baliza do Perafita. Depois de uma primeira parte mais equilibrada, o Infesta realizou uma segunda parte de grande nível e bateu sem apelo nem agravo a equipa do Perafita.

Num derby matosinhense, muito público aproveitou o belo dia de sol, apesar de se sentir algum frio, para assistir a um jogo que prometia pois ambas as equipas vinham de uma série longa sem derrotas. O Infesta entrou receoso na partida e só pelo quarto de hora é que deu o primeiro sinal de perigo por Braga que rematou perto da baliza de Monteiro. Aos 35 minutos, numa bela triangulação entre Sousa, Rui Ferreira e Mário, este último rematou com classe para o golo inaugural da partida, dando vantagem à equipa da casa. O golo espicaçou a turma infestista que podia ter aumentado a vantagem por Mário e Sousa, mas sem sucesso.

Na segunda parte, o Infesta demonstrou toda a supremacia em campo, determinado a assumir o controlo total do jogo, a turma de Jorginho, que se mantém castigado, não deu qualquer chance aos atacantes forasteiros em criar perigo e a seu belo prazer, foi criando lances iminentes que adivinhavam o golo a qualquer momento. João Rodrigues depois de passar pelo guarda-redes, quase ampliava a vantagem para o Infesta mas viu Rui Barros a salvar sobre a linha de golo para canto. Na sequencia desse canto, João Rodrigues estava no sitio certo e fez o segundo golo da partida aos 70 minutos. Era o melhor período do Infesta e o terceiro golo não tardou, primeiro Sousa fez um remate para uma excelente defesa de Monteiro e aos 74 minutos, na sequencia de um pontapé de canto, o capitão André Ribeiro fez valer a sua estatura e selou o triunfo com o terceiro golo para o Infesta. Até final o Perafita conseguiu dar um ar da sua graça por Zé Augusto mas o remate saiu por cima da barra da baliza de Miguel e o Infesta teve mais três soberanas oportunidades para aumentar a vantagem mas Neto, Rui Ferreira e Paiva não conseguiram bater Monteiro.

Uma palavra de apreço ao jogador Semedo que vestiu nesta partida pela ultima vez a camisola do Infesta. O atleta cabo-verdiano não irá continuar às ordens de Jorginho pois irá trabalhar para o estrangeiro.

Excelente resultado para o Infesta que ajudou a manter o 4º lugar na tabela classificativa e reduziu distâncias para os dois primeiros classificados, Ermesinde a seis pontos e Avintes a quatro. O terceiro classificado é o Folgosa da Maia com os mesmos 27 pontos do Infesta. Na próxima jornada, o Infesta dá inicio à segunda volta com a recepção ao Dragões Sandinenses, 5º classificado com menos um ponto que o Infesta.

Foto: Carla Ferreira