Infesta recuperou de desvantagem de dois golos

ficha_ataense_infesta

Ataense e Infesta protagonizaram um espectáculo emocionante do primeiro ao último minuto, espectáculo esse que a equipa de Jorginho tinha todas as condições para vencer mas que a falta de eficácia e o trio de arbitragem, não deixaram conquistar os três pontos.

O Infesta só se pode queixar de si mesmo pois na primeira parte teve inúmeras ocasiões para estar a vencer por larga vantagem, ao invés, o seu adversário, foi uma vez à baliza de Miguel e concretizou logo aos 10 minutos, na sequência de um canto, Miguel socou a bola para a entrada da área, a bola é novamente colocada na zona de concretização onde está Fábio David que partindo de uma posição irregular, inaugurou o marcador. O Infesta aos 25 minutos esteve perto do empate, Braga em boa posição, rematou contra o corpo do guarda-redes Rafa, pouco depois, Braga e Paiva viram o guarda-redes sacudir os seus remates e em dois cantos, os centrais Teixeira e André, remataram para fora.

Na segunda parte, e já com o regresso após lesão do avançado João Rodrigues em campo, a equipa da casa aumentou a vantagem por Zázá que aproveitou uma desatenção da defesa do Infesta e fez um “chapéu” ao guarda-redes Miguel. O Infesta reagiu e Braga reduziu no minuto seguinte, cruzamento de Mário, João Rodrigues simulou ao primeiro poste e o numero 33 encostou para o fundo da baliza e fez o seu primeiro golo com a camisola do Infesta neste campeonato. O domínio da equipa de Jorginho era avassalador e aos 68 minutos, Braga é derrubado na grande área por Fábio David, o atleta da equipa da casa é expulso, na conversão da grande penalidade, Vitinha empata a partida. O Infesta dominava a partida, perto do fim, João Rodrigues rematou, o guarda-redes defendeu para a frente e Mário, com a baliza à sua mercê, atirou para fora. Aos 89 minutos, João Rodrigues isolou-se pela direita, passou pelo guarda-redes que saiu ao seu encontro e com a baliza deserta, rematou junto ao segundo poste, mas para fora. Já em período de descontos, há uma mão na bola de um defesa da equipa da casa dentro da grande área que o árbitro sancionou mas que por indicações do arbitro auxiliar, acabou por marcar falta contra o Infesta, o capitão Vitinha protesta com o auxiliar e acaba expulso, na confusão, Lúcio também foi admoestado com a cartolina vermelha.

O Infesta foi melhor, foi prejudicado, mas também falhou na finalização. A equipa mantém-se na 7ª posição do campeonato, agora com 18 pontos e a dez dos lideres, Avintes e Ermesinde. O campeonato agora regressa a 8 de Janeiro com o Infesta a receber o Alfenense.

Foto: Joaquim Sousa