Manuel Ramos continua sem sucessor

Presidente Manuel Ramos, entregou as medalhas aos associados com 50 anos de filiação ao Infesta.

O futuro do FC Infesta, não se augura nada de bom. Desde ontem que a direcção liderada por Manuel Ramos, cessou funções, estando neste momento o clube a ser dirigido pelos mesmos orgãos sociais, mas com um voto de confiança da assembleia, pelo menos até ao final da época desportiva 2012/13.

Seguindo-se a Ordem de Trabalhos desta Assembleia-Geral Ordinária, foi proposta pela mesa, a dispensa da leitura da acta, mas o associado Eduardo Pinto da Rocha votou contra, devido a vários elementos que se encontravam na sala, não terem estado presentes na assembleia anterior.

Depois de lida a acta, o ponto seguinte tinha a ver sobre a discussão durante 30 minutos sobre assuntos relacionados com o clube. O associado Eduardo Pinto da Rocha, fez algumas questões sobre o protocolo que o Infesta assinou com a Câmara Municipal de Matosinhos em Julho de 2009, tendo em vista a construção do Complexo Desportivo, mostrando a sua preocupação pois já se passaram quase quatro anos que o Infesta está a utilizar o actual espaço na Arroteia, faltando apenas seis anos para terminar esse acordo que poderá colocar o clube numa situação difícil pois terminado esse acordo, o Infesta fica sem espaço para poder actuar. O presidente Manuel Ramos esclareceu algumas das dúvidas, mostrando-se desagradado com o tratamento que a Câmara Municipal de Matosinhos tem tido com o Infesta em relação a outras colectividades do concelho.

De seguida e por proposta do presidente Manuel Ramos, foram aprovados por unanimidade, a elevação a sócios de mérito dos seguintes associados: Dr. Fernando Silva, Enf. Hélder Oliveira e Massagista Joaquim Sousa, actuais elementos do corpo clínico do clube, Prof.José Manuel Ribeiro, treinador da equipa sénior de futebol, José Catalão, treinador da equipa junior de futebol e tesoureiro-adjunto da direcção, Drª Joana Maciel, secretária da direcção e Miguel Guimarães Teixeira, presidente da mesa da Assembleia Geral.

Foram também elevados a sócios honorários, os seguintes associados: José Neves de Oliveira, antigo presidente do FC Infesta e actual vice-presidente da Mesa da Assembleia Geral, Jaime Tulha, vice-presidente da direcção na área da publicidade e António Teixeira Vieira, actual vice-presidente na área das instalações e elemento que acompanha o presidente Manuel Ramos desde 1974 na direcção do clube.

Continuando com a ordem de trabalhos, foram entregues as medalhas aos sócios com 25 e 50 anos de filiação ao Infesta, foi também aprovado o relatório e contas das épocas 2010/11, 2011/12 e até Fevereiro da temporada 2012/13, tendo aqui o associado Eduardo Pinto da Rocha, enaltecido a gestão do clube, nomeadamente com a diminuição dos gastos com a equipa sénior de futebol, ano após ano. Este relatório e contas, pode ser visualizado, clicando aqui.

Devido a não existirem listas candidatas à presidência do clube, o presidente Manuel Ramos deu a ideia de se formar uma comissão administrativa até ao final da época em curso, utilizando também da palavra o associado José Neves Oliveira, apelando, como tem feito nas anteriores assembleias, a que no pequeno universo de associados que o clube tem, pelo menos um se assuma como líder pois alguns elementos da actual direcção, querem continuar a ajudar o clube, mas falta-lhes efectivamente o líder. Ficou decidido dar um voto de confiança aos actuais orgãos sociais, para que assume as rédeas do clube até 19 de Julho deste ano, altura em que será feita nova assembleia para se tentar arranjar uma solução para o futuro directivo da instituição.

Deixe um comentário