Tarde inglória para o Infesta

Padroense foi sempre superior ao Infesta

Muito publico, afecto às duas equipas, assistiram ontem à tarde ao encontro da 4ª jornada do Campeonato Nacional da 2ª Divisão de Juniores entre o Infesta e o Padroense, num derbi que praticamente só teve um sentido, o da baliza do Infesta. O Padroense entrou praticamente a ganhar quando Miguel Grade, logo aos 2 minutos, fugiu à defensiva do Infesta e fez o 0-1. Dez minutos depois, novamente Miguel Grade aproveita uma falha da defensiva do Infesta para aumentar para 0-2. O Infesta poucas oportunidades criava e todos os lances que eram construídos, praticamente eram desfeitos pelo meio campo do Padroense que soube gerir bem a vantagem. O Infesta, muito apático, consentiu o terceiro golo aos 42 minutos numa jogada confusa, depois de um pontapé de canto batido da direita e após duas excelentes intervenções de Pedro, Filipe Ferreira atirou para o fundo da baliza. Pouco antes do intervalo, a expulsão de um defesa do Padroense por acumulação de amarelos, dava sinais que a segunda parte poderia ser diferente. Pura ilusão. O Infesta entrou na segunda metade do encontro à procura de reduzir a diferença no marcador, mas sempre sem sucesso, até que aos 59 minutos, Miguel Grade faz o hattrick, dando a estocada final no encontro, em mais uma falha da defesa do Infesta. Até final do encontro, a equipa orientada por José Catalão teve mais posse de bola enquanto o Padroense soube gerir a vantagem. No próximo sábado, o Infesta desloca-se a Paredes.

Nos restantes encontros da tarde, os infantis também perderam. Na deslocação ao Vitalis Park, o FC Porto foi mais forte na segunda parte marcando quatro dos cinco golos da vitória por 5-0. Os iniciados do andebol foram os únicos a vencer. Na recepção ao CB Penafiel, o Infesta venceu por 26-23 e segue no grupo dos primeiros só com vitorias.