Sub 21 com dois empates, Sub 19 B com derrota ao cair do pano.

SUB 21 A: Depois de uma vitória importante na deslocação ao Salgueiros, era com grande expectativa que se aguardava este encontro frente ao vizinho Padroense, onde empatou a dois golos em casa.

O treinador Diogo Rios, comentou da seguinte forma a partida: “A equipa entrou bem no jogo e chegou ao intervalo a vencer 1-0. Na segunda parte o Padroense veio à procura de mais mas tivemos a capacidade de chegar ao 2-0. A partir daí gerimos o jogo de forma eficaz mas com um erro defensivo o Padroense chegou ao golo e acreditou que era possível o empate. Já com menos 1 em campo tentamos segurar o resultado mas no último lance do jogo o Padroense conseguiu um empate com uma bola completamente inesperada da linha lateral. Devíamos ter sido capazes de segurar o resultado a nosso favor e resta continuar a trabalhar”.

Apesar do empate, o Infesta mantém-se na liderança da série. Na próxima jornada, o Infesta folga sendo que o próximo jogo seria frente ao Nogueirense na jornada seguinte, mas a desistência da equipa maiata, faz com que o Infesta defronte o Leça, apenas no dia 12 de Junho.

SUB 21 B: Após a derrota na jornada inaugural, frente ao Candal, a equipa B de Sub 21 do Infesta folgou, tendo este fim-de-semana, na 3ª jornada, empatado com a equipa do Clip Teams a dois golos fora de casa.

O treinador Filipe Couto, comentou assim a partida: “Jogo com fatores que dificultou a qualidade que a equipa infestista demonstra, onde a equipa adversária não tinha intenção de jogar com bola no chão, sendo o Infesta a única equipa a tentar jogar bom futebol. Em termos defensivos facilitamos o que permitiu a equipa adversária chegar aos dois golos. Já ofensivamente pecamos na eficácia. É continuar a trabalhar para no próximo fim de semana ser melhor”.

O Infesta soma assim o primeiro ponto na série e na próxima jornada, recebe o Candal.

SUB 19 B: Depois da goleada na jornada inaugural, frente ao Aldeia Nova, a equipa B de juniores deslocou-se até Lavra onde defrontou a E.F.Benfica de Matosinhos, tendo perdido por 2-1.

Num jogo bastante emotivo onde o Infesta esteve grande parte do jogo a vencer, o treinador Paulo Oliveira teceu o seguinte comentário ao encontro: “Jogo difícil diante uma equipa um escalão acima do nosso. Já conhecíamos de antemão a forma de jogar da Geração Benfica e entramos na primeira parte controlando o jogo e contrariando o jogo directo e profundo e as bolas paradas do adversário. Acabamos a primeira parte a vencer por 0-1. Na segunda parte com o decorrer do tempo, a jogar contra o vento, contra um adversário fisicamente superior, duro nos duelos 1×1, a lançar bolas constantemente nas costas da nossa defesa formos perdendo forças e lucidez pelo desgaste físico, deixamos de conseguir ligar o nosso jogo e perdemos capacidade de pressão no nosso sector ofensivo. O empate surge num live directo em cima da linha da grande área e o golo da vitória já nos descontos, uma vez mais numa bola bombeada nas costas da nossa defesa. A meu ver o empate seria o resultado mais justo, mas de positivo podemos retirar a experiência que este grupo vai adquirindo ao jogar contra adversários mais velhos e fisicamente superiores o que certamente nos tornará melhores e mais fortes no futuro”.

A derrota coloca o Infesta no 2º lugar, com três pontos somados, juntamente com mais quatro equipas e na próxima jornada, desloca-se ao Custóias.

Foto: Alfredo Oliveira