Sucessão de Manuel Ramos poderá ser decidida no dia 22 de Abril

Manuel Ramos é presidente do FC Infesta, desde 1974.

Numa Assembleia-Geral, mais uma vez, pouco concorrida, discutiu-se o futuro do clube, nomeadamente a sucessão do presidente Manuel Ramos, que em Janeiro, informou os associados de que não se ia recandidatar no final do mandato, que termina em Julho deste ano.

Antes de se dar inicio à ordem de trabalhos, foi dado um voto de pesar, pelo falecimento da esposa do Sr.José Catalão, antigo atleta do clube e actual treinador da equipa de juniores “A”.

Depois de ter sido dispensada a leitura da acta da assembleia anterior, o segundo ponto da ordem de trabalhos era o de analisar e discutir mais uma vez, o futuro directivo do clube. Um associado, ao usar da palavra, apelou ao Dr. José Guimarães, actual director da BRALI e o principal patrocinador do Infesta, que encabeçasse uma lista como presidente da instituição, que devido ao seu passado como jogador e à sua formação profissional, seria a pessoa ideal para assumir os destinos do clube. O Dr. José Guimarães, esteve pouco receptivo a essa proposta, mas deu a indicação de que estaria disponível para continuar a ajudar o clube financeiramente.

O actual vice-presidente administrativo, Jorge Amaro, sugeriu que fosse marcada nova assembleia-geral para o dia 22 de Abril, mas com o intuito de se eleger nova direcção, pois era necessário que a nova direcção do clube, estivesse já disponível logo após o final da época da equipa sénior de futebol, para acautelar a próxima temporada. A ideia seria de que as listas candidatas, apresentassem as suas candidaturas até 12 de Abril para se proceder à eleição, 10 dias depois. Também sugeriu que fossem revistos os estatutos do clube, pois estão já bastantes obsoletos, pois datam de 1944.

Por fim, o presidente Manuel Ramos, voltou a lembrar as diferenças do passado para o presente, o que o Infesta tinha e o que tem actualmente. Frisou que se sente cansado e apreensivo sobre o futuro do clube e por fim, sugeriu que o actual vice-presidente administrativo, Jorge Amaro, seria a pessoa indicada para assumir a presidência, por ser a pessoa que actualmente, está mais bem entrosada sobre os assuntos do clube.

Deixe um comentário