Golaço de Paulinho foi insuficiente para o Infesta

Domingo | 22 de Novembro de 2020 | 10h00

Divisão de Elite – Pró Nacional – Série 1 | AF Porto | Jornada 10

Parque de Jogos – Manuel Ramos – Arroteia

FC INFESTA 1-2 CD CANDAL

1-0 Paulinho (11′); 1-1 Cristiano (64′); 1-2 Tiago Costa (79′)

FC INFESTA: Pedro Marques, Malícia, João Ricardo, Elvas, André Ribeiro, Morais, Lúcio (78′), Paulinho (78′), Mário (40′), Morgado (59′), João Rodrigues (78′).

TR: Bruno Costa

Suplentes: Boucinha, António (59′), Bessa (40′), João Reis (78′), Miguel Mota (78′), Dani e Igor (78′).

CD CANDAL: Miguel, Pessanha, Amaral, Cristiano, Diogo Morgado, Rodrigo, Manuel José, Branquinho (74′), Coutinho, João Sousa (87′) e Rabiu.

TR: Tozé Madureira

Suplentes: Flávio, Bruno Costa (87′), Cacheira, Campota, Leonel, Tiago Costa (74′) e João Reis.

O encontro foi bastante equilibrado, com algum ascendente por parte dos forasteiros, fruto de ter uma equipa mais coesa e experiente, mas foi o Infesta que criou, à semelhança de jogos anteriores, a primeira oportunidade de golo quando aos 10 minutos, André Ribeiro rematou para boa defesa do guarda-redes Miguel, mas na sequencia da jogada, Paulinho remata de fora da área, e faz um golo de belo efeito, inaugurando o marcador. O Candal criou o primeiro lance de perigo aos 16 minutos num remate de João Sousa e aos 29′ foi Lúcio num bom remate que esteve perto do segundo golo. Aos 34 minutos, boa jogada do Candal com Branquinho junto à linha a obrigar o guardião da casa, Pedro, a estar atento e perto do intervalo, na sequencia de um pontapé de canto, a bola saiu para fora da área onde apareceu o capitão André que rematou pouco ao lado.

Na segunda parte, o Infesta voltou a entrar bem na partida e em dois pontapés de canto consecutivos, João Rodrigues e Lúcio remataram por cima da baliza de Miguel. A equipa forasteira foi subindo no terreno, pressionando e ganhando vários lances de bola parada, até que aos 64 minutos, num canto batido da direita, Cristiano apareceu solto ao segundo poste e empatou a partida. O golo do empate deu mais vivacidade ao encontro e o perigo rondou as duas balizas, primeiro foi Pedro que teve de se aplicar por duas vezes a remates de Campota e Lúcio assistiu António que obrigou Miguel à defesa da tarde. O Candal chegou à vantagem aos 79 minutos, num lance pela direita, surge um cruzamento onde apareceu Rabiu que de cabeça deixou na esquerda em Tiago Costa, este rematou, a bola tabelou num defensor do Infesta e traiu o guardião da casa, fazendo a reviravolta no marcador e estabelecendo o resultado final em 1-2 a favor do Candal.

O Infesta sofreu assim a sexta derrota em nove jogos e soma apenas 3 pontos, encontrando-se no último lugar da tabela classificativa. O próximo encontro é no sábado, dia 28 de Novembro, frente ao Grijó, jogo a ser disputado em Grijó a partir das 10h00.

Foto: Joaquim Sousa