Empate soube a pouco

Quase um mês depois, o Infesta regressou a casa, para disputar o último encontro da primeira volta do campeonato. A equipa de Bruno Costa, foi mais afoita que o seu adversário que chegou à vantagem através de uma grande penalidade inexistente. Depois, o Infesta chegou ao empate e na segunda parte, fez de tudo para somar mais três pontos na tabela classificativa, só que vários factores, acabaram por somar apenas mais um ponto.

  • Domingo | 15 de Dezembro | 15h00
  • Divisão de Elite – Série 1 | AF Porto | Jornada 15
  • Parque de Jogos – Manuel Ramos – Arroteia
  • FC INFESTA 1-1 UNIÃO NOGUEIRENSE FC
  • 0-1 Diogo Eiras (15′ g.p.) | 1-1 João Rodrigues (43′)
  • INFESTA: Rui Pereira; Malícia, João Silva, André Ribeiro (c), Rafael Pinho; Baptista, Lúcio (87′), Mário (87′), Morgado (74′); João Rodrigues e Dani (74′).
  • TR: Bruno Costa
  • Suplentes: Pedro Marques, Bessa (87′), Luís Carlos (74′), Miguel Dias (87′), Filipe (74′) e Maia.

Debaixo de muita chuva e num relvado completamente encharcado, o Infesta recebeu o Nogueirense, equipa que tem feito um bom campeonato até à data. Lúcio desviou um livre apontado por Mário, dando o primeiro sinal de perigo do Infesta, mas os maiatos responderam pouco depois por Diogo Eiras que ganhou posição a um defensor da casa e rematou ao lado da baliza de Rui Pereira. O estado do terreno escorregadio, ajudou a ludibriar o árbitro que cometeu o erro de assinalar uma grande penalidade a favor do Nogueirense por falta inexistente de João Silva sobre Miguel Grade. Na conversão, Diogo Eiras colocou os visitantes na frente do marcador. A equipa de Nogueira da Maia quase chegou ao segundo golo pouco depois, primeiro por Gui que se deixou antecipar por Rui Pereira e depois João Silva que escorregou, deixando a bola à mercê de Miguel Grade que isolado, tentou um “chapéu” ao guardião do Infesta, mas a bola saiu por cima da barra. A partir deste momento, só deu Infesta, primeiro por Mário que rematou à barra e Malícia, atirou ao poste e aos 43 minutos, João Rodrigues em jogada de insistência, empatou a partida para o Infesta.

No reatamento da partida, o Infesta apareceu mais afoito, João Rodrigues logo nos primeiros minutos, cabeceou para grande defesa de Ima para canto. Pouco depois, novamente João Rodrigues a criar perigo, rematando forte tendo Ima desviado novamente para canto. Com o ímpeto ofensivo, a equipa forasteira recuou no terreno e viu aos 68 minutos, Ima defender com os pés a um remate de João Rodrigues, o jogador mais inconformado com o empate do Infesta. Numa jogada rápida de ataque, o Nogueirense criou perigo por Pedro Mateus que em boa posição, rematou para defesa de Rui Pereira. Perto do fim, o Infesta reclamou uma grande penalidade por falta sobre Filipe e já em período de compensação, Filipe ganhou posição, mas deixou-se antecipar a Ima que segurou o empate a um golo.

O empate soube a pouco para o Infesta. O Infesta só volta a jogar dia 29 de Dezembro, quando receber o Padroense em jogo da 16ª jornada do campeonato.

Foto: Joaquim Sousa