Futebol: “Despedida” inglória para o Infesta

 Infesta despediu-se dos adeptos com uma derrota.

O Infesta sofreu ontem a terceira derrota na segunda volta, quando falta apenas uma jornada para terminar o campeonato. A equipa de Jorginho, fez uma recuperação notável na tabela classificativa nesta segunda fase do campeonato.

Prova: Campeonato da Divisão de Honra – AF Porto | 29ª Jornada
Local:
Parque de Jogos – Manuel Ramos – Arroteia
INFESTA:
Miguel, Sousa, Teixeira, André Ribeiro, Estrela, Soares, Rafael, Lucio, João Rodrigues (Neto, 61′), Paiva (André Fernandes, 75′) e Jean (Mário, 46′).
Treinador:
Jorginho
Suplentes não utilizados:
Guilherme, Carlos, Semedo e Lima.

A equipa de Jorginho, até entrou bem na partida e teve logo duas soberanas oportunidades para inaugurar o marcador, aos 6 minutos, Sousa cruzou ao segundo poste onde estava Rafael bem posicionado, mas o avançado brasileiro do Infesta, rematou à figura de Luís, poucos minutos depois, boa jogada colectiva entre Sousa e Jean que culminou com um remate de João Rodrigues que rematou ao lado. O Ermesinde quase chegou ao golo pouco depois, Quim ganhou a bola a um defesa do Infesta, isolou-se e perante Miguel, atirou ao lado. O golo solitário da partida surgiu aos 29 minutos, num livre bombeado para a área, Dani desviou para o único golo da partida. O Infesta até respondeu bem e logo a seguir ao golo, Lúcio deixou a bola na direita em Rafael que rematou para grande defesa para canto, do guarda-redes adversário. Na sequência do pontapé de canto, o capitão do Infesta, André Ribeiro é rasteirado, ficando uma grande penalidade por marcar a favor da equipa da casa.

No recomeço, em jogada bem delineada, Paiva no remate e João Rodrigues na recarga, não conseguiram finalizar com êxito e a bola perdeu-se pela linha de fundo. O Infesta trabalhou muito para chegar ao empate, mas falhava na finalização, por outro lado o Ermesinde esteve perto de fazer o segundo golo, Nando aos 70 minutos, isolou-se, mas valeu a valentia de Miguel que defendeu para canto. O Ermesinde soube controlar as investidas do Infesta, que fez provavelmente a exibição menos conseguida nesta segunda volta.

O Infesta merecia mais, apesar de ter estado bastante desinspirado na finalização. A equipa desceu uma posição na tabela classificativa (9º) por troca com o seu adversário e na próxima, termina o campeonato no terreno do Maia Lidador.

 

Foto: Carla Ferreira

Deixe um comentário