FUTEBOL: Erros que deram origem a derrota pesada em Gondomar

Quarto jogo em dez dias e desta feita, o adversário foi o campeão em titulo, o Gondomar B. A jovem equipa do Infesta, demonstrou mais uma vez em campo de que fibra é feita, mas, infelizmente, e apesar da grande atitude dos jogadores, há pormenores que fazem com que os resultados, sejam enganadores.

Domingo | 3 de Outubro de 2021 | 15h00

Divisão d’Élite – Pró Nacional – Série 2 | AF Porto | Jornada 5

Campo de treinos do Gondomar SC

GONDOMAR SC “B” 5-1 FC INFESTA

0-1 Nuno Nora (40′), 1-1 Barbosa (53′); 2-1 Paulo Silva (83′); 3-1 Diogo Costa (90′); 4-1 Paulo Silva (90+2′); 5-1 Dentinho (90+4′).

GONDOMAR SC “B”: Gonçalo Brandão, Diogo Costa, Fernando Loureiro, Pacheco (83′), Tiaguinho, Barbosa, Dentinho, Gonçalo Costa (46′), Rubim (83′), Guilherme Pinto (67′) e Diogo Silva.

TR: Rúben Carvalho

Suplentes: Mauro, Rafa Santos, David (83′), Igor (67′), Rafa Melo, Paulo Silva (46′) e Filipe Podstavski (83′).

FC INFESTA: Boucinha, Ventura, Elvas, João Ricardo, André Ribeiro, Morais, Zé Miguel (60′), Viana (60′), Nuno Nora, Dinis (75′) e Miguel Dias.

TR: Sérgio Nora

Suplentes: Hugo, Malícia, Rafa, Rui Neves (60′), André Teixeira (60′), Aroso (75′) e Diogo Costa.

O “invicto” Gondomar, entrou em campo, a pensar que eram “favas contadas” frente ao Infesta, que tem um historial que merece respeito por todos os que andam no mundo do futebol. A equipa da casa, apesar de maior posse de bola, não foi superior ao Infesta, que na primeira parte teve várias oportunidades para chegar ao golo, culminando na merecida vantagem aos 40 minutos por Nuno Nora.

No reatamento, o Gondomar aplica maior pressão sobre o Infesta que foi resistindo até aos 53 minutos, altura em que Barbosa, restabelece o empate na partida. O Infesta foi crescendo no jogo e aos 70 minutos, Dinis ia isolado em direção da baliza e é completamente “abalroado”, dentro da grande área pelo guarda-redes, na cabeça, provocando a queda do atleta do Infesta, considerando o árbitro um choque “natural” e casual e marcando pontapé de baliza. Aos 83 minutos, Morais protege a bola para a mesma sair pela linha de fundo, no entanto há um jogador do Gondomar que o empurra, fica com a bola, cruza para trás para Paulo Silva que faz o segundo da equipa da casa. A partir deste momento, os jogadores do Infesta, ficaram sem  resposta e perderam totalmente a concentração e a serenidade para lutar “contra tudo e contra todos”. Essa desconcentração, ditou em mais três golos para a equipa do Gondomar, aos 90 por Diogo Costa, aos 92 por Paulo Silva e aos 94 por Dentinho.

O Infesta não merecia perder, quanto mais, sair goleado da casa do líder. Agora, há uma semana para preparar o próximo jogo que será em casa, frente ao Pedroso, no próximo domingo às 15h00.

A direcção do FC Infesta, vai continuar a apostar na juventude do nosso plantel e não vai deixar de acreditar no projecto a que se propôs.

Foto: Joaquim Sousa