Futebol: Infesta regressa às vitorias em Valongo

Infesta conquistou a primeira vitoria por mais de um golo de diferença.

Finalmente, uma boa exibição, corada com os três pontos. O Infesta deslocou-se esta tarde a Valongo onde venceu a equipa do Valonguense por 0-2 dando alento e esperança para a restante temporada.

 

Substituições: 

– Jonas -> Sousa – 65′
– Maia -> Nandinho – 65′
– Bertinho -> Káká – 91′

Não jogaram: Miguel Ângelo, Rui Pedro, Ricky e Rivaldo.

Treinador: António Formoso

Disciplina: Cartões amarelos a Mário (14′ e 75′), Pedro Martins (25′) e Káká (93′) e cartão vermelho por acumulação a Mário (75′).

O estado do terreno, condicionou o futebol das duas equipas, no entanto foi o Infesta que praticou um futebol mais esclarecido e ofensivo. Para esta partida, Formoso surpreendeu ao trocar os guarda-redes e colocando a titular o ainda júnior, Jonas que teve uma estreia auspiciosa. Mário e Jonas aos 6 e 7 minutos respectivamente, tiveram oportunidades para colocar o Infesta a vencer desde cedo, mas no primeiro caso, o remate do numero 6 saiu ao lado, enquanto que o de Jonas, colocou Beleza à prova, fazendo uma excelente intervenção. A equipa da casa respondeu com dois lances em que o guardião Zé Pedro respondeu superiormente. Aos 20 minutos, Maia teve a melhor oportunidade da primeira parte quando apareceu isolado perante Beleza, mas a rematar ao lado. Ainda antes do intervalo, Mário por duas vezes para o Infesta e Martins, num remate acrobático para o Valonguense, atiraram ao lado.

Na segunda parte, o Valonguense entrou a todo o gás, quando Paiva rematou ao poste da baliza de Zé Pedro, mas pouco depois, Moreira corta uma bonita jogada ofensiva do Infesta, com a mão, dentro da área. Grande penalidade a favor do Infesta que o capitão Vitinha se encarregou de marcar e de inaugurar o marcador aos 52 minutos. A partida ficou mais emotiva mas o segundo golo do Infesta, apareceu 12 minutos depois por Jonas, o ainda júnior do Infesta, prosseguiu pela linha lateral pressionado por um adversário e junto da área rematou, fazendo um golo do outro mundo. Um momento que Jonas tão cedo não se vai esquecer… A equipa de Formoso, passou a recuar mais no terreno e ficou reduzida a dez elementos com a expulsão de Mário aos 75 minutos por acumulação de amarelos. Até final, mesmo assim, o Infesta esteve mais perto de fazer o terceiro golo que a equipa da casa de reduzir o marcador.

O Infesta somou a terceira vitoria no campeonato e aproximou-se de alguns adversários que não venceram esta tarde. A arbitragem de Fernando Ferreira, foi exemplar. Na próxima jornada, o Infesta recebe outro adversário directo, o Vila Meã.

Deixe um comentário