Futebol: Infesta repete resultado da primeira fase

Paulinho leva a melhor sobre Vítor Hugo.

Num jogo bastante disputado entre duas das melhores equipas deste campeonato, a vitoria acabou por sorrir ao Infesta por 2-1 frente ao Sousense, num jogo em que o empate seria o resultado mais justo. O Infesta entrou praticamente a vencer pois logo aos 7 minutos, Paulinho remata a 20 metros da baliza de Ricardo e este, a ficar mal na fotografia, sofrendo um golo numa altura em que as equipas ainda se estavam a estudar uma à outra. O Sousense com o golo sofrido, tomou conta do jogo e teve varias oportunidades para empatar. Aos 16 minutos, canto da esquerda da equipa forasteira e Salvador a rematar de cabeça para a baliza, valeu Rui Jorge que cortou o lance em cima da linha de golo. Foi o primeiro sinal de um Sousense que teve melhores oportunidades a partir dos 25 minutos, altura em que Paulo Freixo remata rasteiro à entrada da área onde a bola passa por todos e Vitinha I corta o lance junto ao poste mais distante. Dois minutos depois, Marcos remata em arco para uma grande defesa de Duarte para canto. Canto esse que deu outro pontapé de canto ao Sousense e onde aos 28 minutos, à semelhança de lances anteriores, bola rasteira para Paulo Freixo que à entrada da área remata rasteiro, Norinho ganha a bola no meio dos centrais do Infesta e este, perante a mancha de Duarte, passa a bola para Bruno Ansiães que introduz a bola na baliza, mas estava em posição irregular. Pouco depois, jogada de insistência de Vítor Hugo pela direita, passe para Norinho e este remata já dentro da área para mais uma excelente defesa de Duarte para canto. No canto, bola jogada de maneira curta para Paulo Freixo, que remata tenso da direita e onde a bola bate no braço de Vilas Boas. O arbitro Joel Sousa assinala grande penalidade. Chamado à conversão, Marcos faz o golo do empate. O Infesta reage e dois minutos depois, Braga pela direita cruza para o segundo poste onde aparece Vitinha II que de cabeça, atira por cima. Ao intervalo, o empate era um resultado justo.

Na segunda metade, o Infesta voltou a equilibrar a contenda mas foi o Sousense que criou o primeiro lance de perigo aos 48 minutos. Jogada de contra-ataque pela direita, Bruno Ansiães cruza para a frente onde aparece Marcos que subtilmente faz o golo mas o auxiliar de Joel Sousa invalida bem o lance por fora-de-jogo. Aos 54 minutos, Paulinho de livre, atira com muito perigo junto ao poste da baliza de Ricardo. O encontro entrou numa toada mais morna onde só aos 64 minutos, houve mais um lance de perigo por Marcos que remata à entrada da área para grande defesa de Duarte. A partir daqui, Infesta e Sousense, mais com o coração do que com a cabeça, jogavam muito a meio campo embora houvesse tentativas de ataque de parte a parte mas sem grande perigo, até que aos 80 minutos, Penantes entra pela direita, passa por três adversários, menos por Fernandes que corta para canto. No pontapé de canto batido da esquerda, Vitinha I cruza ao segundo poste onde Ricardo dá uma palmada insuficiente na bola pois, dos três atletas do Infesta que estavam ao segundo poste, Guedes foi o mais esclarecido que com um toque subtil, atira para o fundo da baliza do Sousense fazendo o resultado final. Até ao final, Chico e Bruno Ansiães ainda tentaram remates de longe mas a bola passou por cima.

Resultado final de 2-1 para o Infesta que aumenta para quatro pontos a vantagem para o Sousense. O árbitro do encontro Joel Sousa, esteve bem durante o encontro, embora no lance da grande penalidade contra o Infesta, Vilas Boas não tinha qualquer intenção de jogar a bola com o braço. Com os resultados desta tarde, o Infesta mantém a perseguição ao Cesarense que continua a comandar a série com mais dois pontos pois venceu o Grijó pela margem mínima. No próximo domingo, o Infesta desloca-se a Vila Real.

Deixe um comentário