Futebol: José Manuel Ribeiro “Jogo foi preparado com muita seriedade”

Na primeira volta, o Infesta venceu o “então” líder Mirandela por 3-0.

O Infesta termina o campeonato amanhã, domingo, com uma deslocação ao terreno do Mirandela. Depois de muitas jornadas no topo da classificação, o adversário do Infesta perdeu essa liderança à duas jornadas e ficou no domingo passado, sem hipóteses de lutar pela subida. Com tudo já definido em relação ao lugar que o Infesta vai terminar este campeonato, o treinador José Manuel Ribeiro explica que mesmo sem objectivos concretos, o jogo foi preparado no máximo cuidado: “Foi preparado com muita seriedade. Independentemente de já termos a nossa posição definida, a preparação do jogo mantém-se na mesma. Não ia ser por causa disso que iria mudar a maneira de treinar nesta semana. Temos que respeitar o futebol e o campeonato até ao fim e o clube também nos merece todo o respeito. Apesar de não contar na classificação, este jogo conta para o orgulho, para o prestigio e quantos mais pontos fizer-mos, melhor”.

Com este 15º lugar, pode haver uma “luz ao fundo do túnel” numa eventual vaga que possa existir na próxima época na 2ª Divisão: “Com estas novas regras na 2ª Divisão e a extinção da 3ª, à partida não haverá muitas esperanças de nos mantermos, mas nunca se sabe pois noutras ocasiões, com outras equipas, que desistiram da participação na 2ª Divisão, outras foram repescadas. Hoje em dia o futebol na 2ª Divisão tem custos elevados e isso pode originar que equipas que garantam a subida de divisão, não queiram subir por isso mesmo”.

Terminado este campeonato, já se pensa na próxima temporada, ou não: “Não, ainda não temos nada definido. Como se sabe, não há um líder no Infesta neste momento e enquanto não houver, não se pode decidir nada, nem em relação à formação. Nós próprios como coordenadores, queríamos começar a tratar dessas questões para a próxima temporada, mas eu entendo que a actual direcção do clube não queira decidir porque quem vier a seguir, pode não querer aquilo que iríamos decidir agora”.

Como infestista, a actual situação preocupa o treinador do Infesta: “Está tudo num impasse, é uma pena que um clube tão singular como o Infesta, que teve uma grande presidência nos últimos 39 anos, esteja nesta situação. Sei que os tempos actuais são difíceis e compreendo que as pessoas que estiveram à volta do Sr.Ramos durante todos estes anos, não se queiram candidatar. O Infesta vai ter de passar por um “ano zero”. Um ano de grandes dificuldades, mas acredito que o futuro poderá ser risonho para o clube que precisa de gente nova, com ideias novas, projectos… Acredito que se essas pessoas aparecerem no clube, o Infesta vai concerteza crescer”.

O Infesta vai tentar surpreender novamente o Mirandela, como o fez na primeira volta quando venceu por 3-0. Desde 1991, que o Infesta não viajava até Mirandela, quando em jogo da 2ª Divisão B – Zona Norte, a equipa na altura orientada por Augusto Mata, venceu por 0-1. Para esta partida, o árbitro nomeado foi o Sr. José Laranjeira da A.F. Coimbra. O encontro terá inicio às 16h00, no Estádio São Sebastião em Mirandela.

Deixe um comentário