Futebol: Quem não marca, arrisca-se a sofrer…

Derrota com o Vila, atira o Infesta para a zona de despromoção.

O Infesta teve imensas ocasiões de golo durante a primeira parte, para “matar” o jogo mas o desacerto na finalização e a segunda parte menos conseguida, aliadas à maior experiência e eficácia do adversário, fizeram com que os três pontos fossem para Vila Nova de Gaia.

Prova: Campeonato da Divisão de Honra – AF Porto | 8ª Jornada
Local: Parque de Jogos – Manuel Ramos – Arroteia
INFESTA:
Miguel, Soares, Semedo, Tiago Oliveira, Estrela, Jean, Rafael Rezende, Lúcio, Rui Ferreira, Mário e Káká (João, 73′).
Treinador: Jorginho
Suplentes não utilizados: João Gomes, Carlos, Guedes, Ricardo, André Fernandes e Lima.

Apesar de ter sido o Vila FC a criar a primeira situação de perigo aos 10 minutos quando André fica isolado perante Miguel e atirou ao lado, o Infesta passou a tomar conta da partida com várias oportunidades de golo desperdiçadas, Jean em boa posição não acerta na bola aos 15 minutos e aos 21′ foi Rafael que também em boa posição atirou muito por cima. O brasileiro Rafael aos 26 minutos, surge na direita a cruzar para a área onde aparece Káká que chegou atrasado à bola e em lance idêntico, minutos depois, Rui Ferreira cruza e Káká novamente a chegar atrasado à bola. Jean na raça, ganha um lance, deixa na entrada da área para Lúcio que rematou com perigo mas para fora. Como quem não marca, arrisca-se a sofrer, aos 37 minutos em jogada rápida de contra-ataque, Lourenço aparece isolado pela esquerda e à saída de Miguel, rematou cruzado e rasteiro, inaugurando o marcador. O resultado não mais se alterou até ao intervalo.

Esperava-se uma reacção diferente na segunda parte por parte da equipa de Jorginho, mas tal não aconteceu e aos 64 minutos surge uma excelente jogada de ataque da equipa do Vila, a bola é colocada novamente na esquerda em Lourenço que remata cruzado para o segundo golo da equipa forasteira sem hipótese de defesa de Miguel, bisando na partida. O Infesta apenas esboçou um remate aos 81 minutos por Lúcio para boa defesa do guarda-redes e já em período de compensação, novo contra-ataque do Vila com a bola a cair novamente em Lourenço que ficou isolado e estabeleceu o resultado final com um “hat-trick”.

É a derrota mais pesada da equipa do Infesta esta temporada que a atira neste momento para a zona de despromoção. Na próxima jornada, a equipa de Jorginho desloca-se ao Canelas 2010, que alcançou este fim-de-semana a liderança do campeonato.

Foto: Carla Ferreira

Deixe um comentário